Abordagem zooarqueológica dos remanescentes de vertebrados da arqueofauna do Sítio RS-LN-312 (Marambaia 1), Arroio do Sal/RS, Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24885/sab.v36i3.1023

Palavras-chave:

Zooarqueologia, Remanescentes faunísticos, Sambaquis

Resumo

Sítios arqueológicos costeiros ocorrem ao longo de toda a costa do Brasil, entre os quais se destacam os sambaquis. Os remanescentes faunísticos são os mais abundantes nesses sítios e sua análise compete à linha investigativa da zooarqueologia, que atua numa perspectiva focada na importância cultural que tem a fauna no comportamento humano. Nessa perspectiva, os remanescentes de vertebrados do sítio RS-LN-312 foram analisados no intuito de obter subsídios que permitam inferir aspectos relacionados às interações entre os antigos habitantes e o ambiente de implantação. Os resultados evidenciam, na arqueofauna, a predominância de peixes-ósseos, sobretudo o bagre (Genidens sp.), papa-terra (Menticirrhus sp.), corvina (Micropogonias furnieri) e tainha (Mugil sp.), como recursos mais captados, mostrando uma seleção estratégica no local de implantação do sítio, com ambientes aquáticos facilmente acessíveis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABILHOA, V.; CORRÊA, M. F. M. Catálogo de otólitos dos Carangídeos (Osteichthyes – Perciformes) do litoral do Estado do Paraná. Nerítica, v. 7, n. 1/2, p. 119-131, 1992.

BRITSKI, Heraldo Antônio; SILIMON, Keve Z. de S.; LOPES, Balzac S. Peixes do Pantanal. Brasília, DF: Embrapa, 1999.184 p.

BUIKSTRA, Jane E.; SWEGLE, Mark. Bone Modification Due to Burning: Experimental Evidence. In: BONNICHSEN, Robson; SORG, Marcella, H. (org.). Bone Modification. Orono (US): Center for The Study of First Americans, 1989. p. 247-258.

CAMPOS, Juliano Bitencourt; SANTOS, Marcos César Pereira; ROSA, Rafael Casagrande da; RICKEN, Claudio; ZOCCHE, Jairo José. Arqueologia entre rios: do Urussanga ao Mampituba: registros arqueológicos pré-históricos no extremo sul catarinense. Cadernos do LEPAARQ: Textos de Antropologia, Arqueologia e Patrimônio, n. 20, p. 9-39, 2013.

CÔRREA, Marco Fábio Maia; VIANNA, Márcia Scala. Catálogo de otólitos de Sciaenidae (Osteichthyes – Perciformes) do litoral do estado do Paraná, Brasil. Nerítica, v. 7, p. 13-41, 1992-1993.

DEBLASIS, Paulo; KNEIP, Andreas; SCHEEL-YBERT, Rita; GIANINI, Paulo César; GASPAR, Maria Dulce. Sambaquis e paisagem: dinâmica natural e arqueologia regional no litoral do Sul do Brasil. Arqueología Suramericana/Arqueologia Sul-americana, v. 1, n. 3, p. 29-61, 2007.

FERRASSO, Suliano; FIORENTIN, Gelson Luiz; SCHMITZ, Pedro Ignácio. Identificação de remanescentes conquiliológicos de um assentamento holocênico na planície costeira do Rio Grande do Sul: contribuições sob o enfoque zooarqueológico. Pesquisas, Antropologia, n. 72, p. 225-266, 2016.

FERRASSO, Suliano; ROGGE, Jairo Henrique; SCHMITZ, Pedro Ignácio. Composição arqueofaunística do sítio RS-LN-285, Arroio do Sal/RS, Brasil. Pesquisas, Antropologia, n. 68, p. 217-230, 2013.

FERRASSO, Suliano; SCHMITZ, Pedro Ignácio. Contribuições da práxis zooarqueológica na interpretação de captação de recursos e assentamento: a análise do sítio RS-LN-279, Litoral Norte do Rio Grande do Sul, Brasil. Cuadernos del Instituto Nacional de Antropologia y Pensamiento Latinoamericano: Series Especiales, v. 4, n. 2, p. 121-134, 2015.

FERRASSO, Suliano; SCHMITZ, Pedro Ignácio; CASTILHO, Pedro Volkmer de; DREHMER, César Jaeger; OLIVEIRA, Larissa Rosa de. Análise dos remanescentes de Pinípedes (Carnivora – Otariidae) em sítios arqueológicos da planície costeira do Rio Grande do Sul, Brasil. Pesquisas, Antropologia, n. 76, p. 81-127, 2021.

FIGUEIREDO, José Lima. Manual de peixes marinhos do sudeste do Brasil. São Paulo: USP, 1977. v. 1.

FIGUEIREDO, José Lima.; MENEZES, Naércio Aquino. Manual de peixes marinhos do sudeste do Brasil. São Paulo: USP, 1978. v. 2.

FIGUEIREDO, José Lima.; MENEZES, Naércio Aquino. Manual de peixes marinhos do sudeste do Brasil. São Paulo: USP, 1980. v. 3.

FIGUEIREDO, José Lima.; MENEZES, Naércio Aquino. Manual de peixes marinhos do sudeste do Brasil. São Paulo, USP, 2000. v. 6.

FIGUTI, Levy. Estórias de arqueopescador. Revista de Arqueologia, v. 11, p. 57-70, 1998.

FIGUTI, Levy. O homem pré-histórico, o molusco e o sambaqui. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, São Paulo, v. 3, p. 67-80, 1993.

GASPAR, MaDu; SILVA, Lucas Antônio da. A pesca pré-colonial no Atlântico sul-brasileiro: os pescadores dos sambaquis. In: SILVA, Lucas Antônio da; WAGNER, Gustavo Peretti (org). Imagens da pesca: uma etnografia arqueológica na região das lagoas do Rio Grande do Sul. JAS Arqueología, p. 21-35, 2022. DOI: 10.23914/book.003.

GAZZANEO, Marta; JACOBUS, André Luiz; MOMBERGER, Simone. O uso da fauna pelos ocupantes do sítio de Itapeva (Torres/RS). Documentos: Arqueologia do Rio Grande do Sul, Brasil, n. 3, p. 123-144, 1989.

HILBERT, Lautaro Maximilian. Análise ictioarqueológica dos sítios: sambaqui do Recreio, Itapeva e Dorva, municípios de torres e três cachoeiras, Rio Grande do Sul, Brasil. 2011. 140 f. Dissertação (Mestrado em Zoologia) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.

HILDEBRAND, Milton; GOSLOW, George E. Jr. Análise da estrutura dos vertebrados. 2. ed. São Paulo: Atheneu, 2006.

JACOBUS, André Luiz. Uma proposta para a práxis em zooarqueologia do Neotrópico: um estudo de arqueofaunas do Abrigo Dalpiaz (um sítio de caçadores coletores na Mata Atlântica). Revista do CEPA, n. 39, p. 49-110, 2004.

JACOBUS, André Luiz; CHAVEZ GIL, Ricardo. Primeira comunicação sobre os vestígios faunísticos recuperados no sítio de Itapeva (Torres/RS). Véritas, v. 125, n. 32, p. 115-119, 1987.

KASPER, Jan C. Skeletal Identification of California Sea Lions and Harbor Seals for Archaeologists. San Diego (US): Museum of Man, 1980.

KERN, Arno Alvarez. Aplicação de métodos estratigráficos e de decapagem no sítio litorâneo de Itapeva (Torres/RS). Revista de Pré-História, v. 6, p. 163-166, 1984.

KERN, Arno Alvarez. Escavações em sambaquis do Rio Grande do Sul. Estudos Leopoldenses, v. 15, p. 203-216, 1970.

KERN, Arno Alvarez. Sondagens no sítio arqueológico de Xangrilá: uma experiência didática em arqueologia de salvamento. Revista do IFCH-UFRGS, v. 13, p. 84-110, 1985.

KERN, Arno Alvarez; LA SALVIA, Fernando; NAUE, Guilherme. Projeto arqueológico do litoral setentrional do Rio Grande do Sul: o sítio arqueológico de Itapeva, município de Torres. Veritas, v. 30, n. 120, p. 571-585, 1985.

KNEIP, Andreas, FARIAS, Deisi, DEBLASIS, Paulo. Longa duração e territorialidade da ocupação sambaquieira na Laguna de Santa Marta, Santa Catarina. Revista de Arqueologia, v. 31, n. 1, p. 25-51, 2018.

L’HEUREX, Gabriela Lorena; BORELLA, Florencia. Guía osteométrica para el estudio de elementos óseos de Otaria flavescens. Tandil (AR): Universidad Nacional del Centro de la Provincia de Buenos Aires, 2011.

LIMA, Tânia Andrade. Em busca dos frutos do mar: os pescadores-coletores do litoral centro-sul do Brasil. Revista USP, n. 44, p. 270-327, 2000.

LOPONTE, Daniel. Atlas osteológico de Blastocerus dichotomus (Ciervo de los Pantanos). Buenos Aires (AR), Los Argonautas, 2004.

LYMAN, R. Lee. Quantitative Units and Terminology in Zooarchaeology. American Antiquity, v. 1, n. 59, p. 36-71, 1994a.

LYMAN, R. Lee. Vertebrate Taphonomy. New York (US): Cambridge University Press, 1994b.

MARSHALL, Fiona; PILGRAM, Tom. NISP vs MNI in Quantification of Body Part Representation. American Antiquity, v. 2, n. 58, p. 261-269, 1993.

MENEZES, Naércio Aquino.; FIGUEIREDO, José Lima. Manual de peixes marinhos do sudeste do Brasil. São Paulo: USP, 1980. v. 4.

MENEZES, Naércio Aquino.; FIGUEIREDO, José Lima. Manual de peixes marinhos do sudeste do Brasil. São Paulo, USP, 1985. v. 5.

MENGONI-GOÑALONS, Guillermo. Cazadores de guanacos de la estepa Patagónica. Buenos Aires (AR): Sociedad Argentina de Antropologia, 1999.

MENGONI-GOÑALONS, Guillermo. Zooarqueología en la práctica: algunos temas metodológicos. Xama, v. 23, n. 19, p. 83-113, 2010.

MORENO-GARCIA, Marta; DAVIS, Simon; PIMENTA, Carlos M. Arqueozoologia: estudo da fauna do passado. Trabalhos de Arqueologia, v. 29: Paleoecologia humana e arqueociências: um programa multidisciplinar para a arqueologia sob a tutela da cultura, n. 29, p. 191-234, 2003.

NEVES, Walter Alves. Paleogenética dos grupos pré-históricos do litoral sul do Brasil (Paraná e Santa Catarina). Pesquisas Antropologia, n. 43, p. 15-174, 1988.

OLSEN, Sandra L.; OLSEN, John W. A Comment of Nomenclature in Faunal Studies. American Antiquity, v. 1, n. 46, p. 192-194, 1981.

OLSEN, Stanley J. Fish, Amphibian and Reptile Remains from Archaeological Sites: Part I: Southeastern and Southwestern United States. Papers of Peabody Museum of Archaeology and Etnology, v. 6, n. 2, p. 1-137, 1968.

PÉREZ-GARCIA, María Inés. Osteología comparada del esqueleto postcraneano de dos géneros de Otariidae del Uruguay. Boletín de la Sociedad Zoológica Uruguaya, v. 14, n. 2, p. 1-16, 2003.

PROUS, André; PIAZZA, Walter. Documents pour la préhistoire du Brésil Méridional: I’etat de Santa Catarina. Cahiers d’archeologie d’Amérique du Sud, n. 1 p. 178, 1977.

REITZ, Elizabeth J.; WING, Elizabeth S. Zooarchaeology. New York (US): Cambridge University Press, 1999.

RENFREW, Colin; BHAN, Paul. Arqueología: teorias, métodos y práctica. Madrid (ES): Akal, 1993.

RICKEN, Cláudio. Vestígios de peixes em sítios arqueológicos de caçadores-coletores do Rio Grande do Sul, Brasil. 2015. 163 p. Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.

RICKEN, Claudio; HERBERTS, Ana Lúcia; WAGNER, Gustavo Peretti; MALABARBA, Luiz R. Coastal Hunter-Gatherers Fishing from the Site RS-AS-01, Arroio do Sal, Rio Grande do Sul, Brazil. Pesquisas Antropologia, n. 72, p. 209-224, 2016.

ROGGE, Jairo Henrique. Os sítios arqueológicos estudados no Litoral Central. Pesquisas, Antropologia, n. 63, p.133-177, 2006.

ROGGE, Jairo Henrique; ARNT, Fúlvio Vinícius. O sambaqui de Içara SC-IÇ-06. Pesquisas, Antropologia, n. 63, p. 13-16, 2006.

ROGGE, Jairo Henrique; SCHMITZ, Pedro Ignácio. Projeto Arroio do Sal: a ocupação indígena pré-histórica no Litoral Norte do RS. Pesquisas, Antropologia, n. 68, p. 167-225, 2010.

ROMER, Alfred Sherwood; PARSONS, Thomas S. Anatomia comparada dos vertebrados. 5. ed. São Paulo: Atheneu, 1985. 559 p.

ROSA, André Osório. Análise dos restos faunísticos do sítio arqueológico da Itapeva (RS-LN-201), município de Torres/RS: segunda etapa de escavação. Documentos: Arqueologia do Rio Grande do Sul, Brasil, n. 6, p. 157-164, 1996.

ROSA, André Osório. Panorama e perspectivas da zooarqueologia brasileira. In: ACOSTA, Alejandro; LOPONTE, Daniel; MUCCIOLO, Leonardo (org.). Temas de arqueología: estudos tafonómicos y zooarqueológicos. Buenos Aires (AR): Instituto Nacional de Antropología y Pensamiento Latinoamericano, 2008. v. 1, p. 133-152.

ROSSI-WONGTSCHOWSKI, Carmen Lúcia Del Bianco; CHALOM, André; SILIPRANDI, Carolina C.; BRENHA-NUNES, Marina Rito; CONVERSANI, Valéria R. M.; SANTIFICETUR, César; GIARETTA, Marcella Bockis. COSS-Brasil: coleção de otólitos de peixes marinhos da região Sudeste-Sul do Brasil. São Paulo: Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo, 2016. Versão 2016. Disponível em: www.usp.br/cossbrasil. Acesso em: 21 ago. 2023.

SCHMITZ, Pedro Ignácio; ROSA André OSÓRIO; IZIDRO, Juliane M.; HAUBERT, Fabiana; KREYER, Maria Luiza B.; BITENCOURT, Ana Luisa; ROGGE, Jairo Henrique; BEBER, Marcus Vinícius. Içara: Um Jazigo Mortuário no Litoral de Santa Catarina. Pesquisas, Antropologia, n. 55, 1999.

SEPÚLVEDA, Katherine Cadegan. Anatomia compara del esqueleto apendicular de dos espécies de otarideos, Otaria flavescens (Shaw, 1800) y Arctophoca australis gracilis (Zimmerman, 1783). 2013. 96 p. Monografia (Licenciatura Biologia Marinha) – Universidad Austral de Chile, Escuela de Biologia Marina, Valdivia (CL), 2013.

SHIPMAN, Pat; FOSTER, Giraud; SCHOENINGER, Margaret. Burnt Bones and Teeth: An Experimental Study of Color, Morphology, Crystal Structure and Shrinkage. Journal of Archeological Science, n. 11, p. 307-325, 1984.

SILVA, Lucas Antônio da; GASPAR, MaDu. Os sambaquieiros e as águas: reflexões sobre as relações entre o modo de vida pescador e os rios, as lagoas e os mares. Tessituras, v. 10, n. 1, jan./jun. 2022.

TERREROS, José Yravedra Sainz de los. Tafonomía aplicada a zooarqueología. Madrid (ES): UNED, 2013.

WAGNER, Gustavo Peretti. O povoamento da costa atlântica brasileira, uma abordagem geoarqueológica para a transição entre holoceno inicial e médio. Tessituras, v. 10, n. 1, jan./jun., 2022.

WAGNER, Gustavo Peretti. Sambaquis da Barreira da Itapeva: uma perspectiva geoarqueológica. 2009. 241 p. Tese (Doutorado) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.

WAGNER, Gustavo Peretti, SILVA, Lucas Antônio; HILBERT, Lautaro Maximiliano. O Sambaqui do Recreio: geoarqueologia, ictioarqueologia e etnoarqueologia. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi: Ciências Humanas, v. 15, n. 2, e20190084, 2020. DOI: 10.1590/2178-2547-BGOELDI-2019-0084.

ZEDEÑO, Maria Nieves. Landscapes, Land Use, and the History of Territory Formation: An Example from the Puebloan Southwest. Journal of Archaeological Method and Theory, v. 4, n. 1, 1997.

Downloads

Publicado

2023-09-26

Como Citar

FERRASSO, Suliano. Abordagem zooarqueológica dos remanescentes de vertebrados da arqueofauna do Sítio RS-LN-312 (Marambaia 1), Arroio do Sal/RS, Brasil. Revista de Arqueologia, [S. l.], v. 36, n. 3, p. 221–239, 2023. DOI: 10.24885/sab.v36i3.1023. Disponível em: https://revista.sabnet.org/ojs/index.php/sab/article/view/1023. Acesso em: 24 jun. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Zooarqueologia Neotropical: Artigos