Dinheiro na mão é vendaval e moeda no lixo é bom sinal: elementos do cotidiano e representações de intenções políticas do Estado brasileiro na cunhagem de moedas metálicas entre 1969 e 1978.

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24885/sab.v37i2.1140

Palavras-chave:

moeda, lixo, arqueologia

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar um lote de oito moedas metálicas encontradas nas escavações arqueológicas realizadas no Aterro Sanitário de Belo Horizonte em 2018 e 2019. Essas escavações foram etapas de uma pesquisa de doutoramento que exumou moedas e outros 1,9 mil objetos — descarte intencional ou acidental? Ao exumá-las, delimitamos o período entre 1969 e 1978 — cunhados nas moedas — e identificamos a mensagem “alimentos para o mundo” e imagens de torres de petróleo como indicativas de intenções políticas do Estado brasileiro. A expressão “dinheiro na mão é vendaval” remete-nos à fluidez do tempo e à durabilidade de materialidades simultaneamente. Esses artefatos apresentam um potencial a ser explorado sobre a produção de conhecimento sócio-histórico do nosso passado recente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, Fernanda Maria de; SILVA, Orlando M. da; BRAGA, Marcelo José. O comércio internacional do café brasileiro: a influência dos custos de transporte. Revista de Economia e Sociologia Rural, v. 49, n. 2, 2011.

AMARAL, Vanúzia Gonçalves. Arqueologia do lixo de Belo Horizonte em meados da década de 1970: o aterro da cidade indica um passado que não passa, vidas breves e fragmentos duráveis. 2023. Tese (Doutorado em Antropologia) – Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2023. Disponível em: http://hdl.handle.net/1843/54695. Acesso em: 24 maio 2023.

BCB – BANCO CENTRAL DO BRASIL. Moedas produzidas. Gov.br, [2022]. Disponível em: https://www.bcb.gov.br/cedulasemoedas/moedasemitidas. Acesso em: 15 abr. 2023.

BCB – BANCO CENTRAL DO BRASIL. Secretaria de Relações Institucionais. Dinheiro no Brasil. 2. ed. Brasília, DF: BCB, 2004. Disponível em: https://www.bcb.gov.br/content/acessoinformacao/museudocs/pub/Cartilha_Dinheiro_no_Brasil.pdf. Acesso em: 15 abr. 2023.

BELLINGIERI, Júlio César. A economia no Período Militar (1964-1894): crescimento com endividamento. Revista Hispeci & Lema, v. 8, 2005. Disponível em: https://www.unifafibe.com.br/revistasonline/arquivos/hispecielemaonline/sumario/9/16042010171928.pdf. Acesso em: 18 jun. 2023.

CAMPOS, Pedro Henrique P. A ditadura dos empreiteiros: as empresas nacionais de construção pesada, suas formas associativas e o Estado ditatorial brasileiro, 1964-1985. 2012. Tese (Doutorado História Social) – Universidade Federal Fluminense, Niterói, RJ, 2012. Disponível em: https://www.historia.uff.br/stricto/td/1370.pdf. Acesso em: 24 maio 2023.

CARLAN, Cláudio U. Arqueologia, arte e história: a numismática a serviço do Estado. Revista de História da Arte e Arqueologia, n. 21, 2014. Disponível em: https://www.unicamp.br/chaa/rhaa/downloads/Revista%2021%20-%20artigo%201.pdf. Acesso em: 14 jun. 2023.

CARLAN, Cláudio U.; FUNARI, Pedro Paulo A. Moedas: a numismática e o estudo da história. São Paulo: Annablume, 2022.

CLÁUDIO André Coleções. Moeda de 20 Centavos Ano 1975. YouTube, 2019. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=4xmrF_eOQyE. Acesso em: 22 dez. 2021.

DEETZ, James. Small Things Forgotten: The Archaeology of Early American Life. New York (US): Anchor, 1977.

DINHEIRO. Conceito de., [2023]. Disponível em: https://conceito.de/dinheiro. Acesso em: 14 jun. 2023.

DOUGLAS, Mary. Pureza e perigo: ensaio sobre a noção de poluição e tabu. Lisboa (PT): Edições 70, 1966.

FAO – FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION OF THE UNITED NATIONS. About. FAO, [2024]. Disponível em: https://www.fao.orgabout/abou-fao/en/. Acesso em: 2 jan. 2024.

GOMES, Ângela de C.; KORNIS, Mônica A. Com a história no bolso: moeda e a República no Brasil. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL “O OUTRO LADO DA MOEDA”, 2001. Anais […]. Rio de Janeiro: Museu Histórico Nacional, 2002. Disponível em: https://repositorio.fgv.br/server/api/core/bitstreams/bf9e79c0-61fa-491d-aeda-a21c09cc097f/content. Acesso em: 14 jun. 2023.

GONZÁLEZ-RUIBAL, Alfredo. Time to Destroy: An Archaeology of Supermodernity. Current Anthropology. v. 49, n. 2, 2008.

HART, Keith. O dinheiro é como aprendemos a ser humanos. Sociologia e Antropologia, v. 9, n. 3, 2019.

HILBERT, Klaus. Ossos do ofício. Curitiba: Prismas, 2016.

LIMA, Tânia A. Cultura material: a dimensão concreta das relações sociais. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Naturais, v. 6, n. 1, p. 11-23, 2011.

LIMA, Tânia A. Humores e odores: ordem corporal e ordem social no Rio de Janeiro, século XIX. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, v. 2, n. 3, 1996.

MELOSI, Martin. Introduction. In: MELOSI, Martin. Garbage in the Cities: Refuse Reform and the Environment. Pittsburgh (US): University of Pittsburgh Press, 2005a. p. 1-16.

MELOSI, Martin. One Out of Sight, Out of Mind: The Refuse Problem in the Late Nineteenth Century. In: MELOSI, Martin. Garbage in the Cities: Refuse Reform and the Environment. Pittsburgh (US): University of Pittsburgh Press, 2005b. p. 17-41.

MENDES, Antônio; NASCIMENTO, Edson B. Estudo de direito monetário: a moeda e suas funções; obrigações monetárias; estipulação e indexação de obrigações monetárias. Revista de Direito Mercantil, n. 84, [199-]. Disponível em: http://www.gustavofranco.com.br/uploads/files/Mendes_Nascimento.pdf. Acesso em: 30 jun. 2023.

MOEDAS FAO no Brasil. Caravelas Coleções, 2019. Disponível em: https://blog.caravelascolecoes.com.br/moedas-fao-no-brasil/. Acesso em: 2 jan. 2024.

NUNES, Maurício S.; SILVEIRA, Jaylson Jair da. Economia monetária. 2013. Monografia de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Econômicas) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2023. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/194946. Acesso em: 7 jun. 2023.

PAGAMENTO. Conceito de., [2023]. Disponível em: https://conceito.de/pagamento. Acesso em: 14 jun. 2023.

RATHJE, William. Advances in Archaeological Method and Theory. New York (US): Springer, 1979. v. 2. Disponível em: https://www.jstor.org/stable/i20170139. Acesso em: 27 maio 2023.

RATHJE, William; MURPHY, Cullen. Rubbish: The Archaeology of Garbage. Tucson (US): The University of Arizona Press, 2001.

SARAIVA, Luiz Fernando (org.). Economia e estilo de vida: reflexões da história sobre teoria, metodologia e objetos. São Paulo: Hucitec, 2022. p. 476-509. Disponível em: https://hal.science/hal-03859855v1/document. Acesso em: 2 jan. 2024.

SCHALLENBERGER, Erneldo; SCHNEIDER, Iara Elisa. Fronteiras agrícolas e desenvolvimento territorial: ações de governo e dinâmica do capital. Sociologias, v. 12, n. 25, 2010.

SILVA, Mateus M. A. da. Moedas e história econômica: o testemunho numismático como ferramenta para o estudo das economias helenísticas. In: MORAES, A.; SARAIVA, Luiz Fernando. São Paulo: Hucitec, 2022.

SILVA, Thiago S. da. Dinheiro e a circulação de ideologias geográficas na Ditadura Militar Brasileira. In: ENCONTRO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM GEOGRAFIA, 19., 2021. Anais […]. Campina Grande: Realize, 2021a. Disponível em: https://editorarealize.com.br/artigo/visualizar/78490. Acesso em: 2 jan. 2024.

SILVA, Thiago S. da. Iconografia do papel moeda brasileiro, da Ditadura à Redemocratização: ideologias geográficas, projetos de Estado e composição intertextual (1972-1994). Dissertação (Mestrado em Geografia) – Instituto de Geografia, Universidade Estadual do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2021b.

SYMANSKI, Luís Cláudio P. Arqueologia – antropologia ou história?: origens e tendências de um debate epistemológico. Tessituras, v. 2, n. 1, 2014.

WEBER, Max. Economia e sociedade. Brasília, DF: Editora UnB, 2015. v. 2.

ZANATTA, Pedro. Para combater inflação, Brasil já passou por seis trocas de moeda; entenda. CNN Brasil, 1 jul. 2022. Disponível em: https://www.cnnbrasil.com.br/economia/para-combater-a-inflacao-brasil-ja-passou-por-seis-trocas-de-moeda-entenda/. Acesso em: 21 jun. 2023.

ZIMRING, Carl A. The Happiest of Finds: William L. Rathje’s Influence on the Field of Discard Studies. Ethnoarchaeology, v. 7, n. 2, 2015.

Downloads

Publicado

2024-05-15

Como Citar

AMARAL, Vanúzia Gonçalves. Dinheiro na mão é vendaval e moeda no lixo é bom sinal: elementos do cotidiano e representações de intenções políticas do Estado brasileiro na cunhagem de moedas metálicas entre 1969 e 1978. Revista de Arqueologia, [S. l.], v. 37, n. 2, p. 163–213, 2024. DOI: 10.24885/sab.v37i2.1140. Disponível em: https://revista.sabnet.org/ojs/index.php/sab/article/view/1140. Acesso em: 24 jun. 2024.