Preservação e fomento à pesquisa arqueológica a atuação do IBPC no Mato Grosso

Autores

  • Maria Lucia F. Pardi Instituto Brasileiro do Patrimônio Cultural - IBPC

DOI:

https://doi.org/10.24885/sab.v8i1.475

Palavras-chave:

IBPC, Preservação e fomento à pesquisa arqueológica

Resumo

Fornece-se um panorama geral do estado e dos traços de seu patrimônio, mais voltado à memória indígena e negra e à questão natural e arqueológica. De forma planejada e integrada, a representação do IBPC desenvolveu ações e atividades, como a melhor conceituação, a identificação e divulgação destes bens, a regularização das pesquisas desenvolvidas, o enriquecimento do cadastro, o acompanhamento da questão ambiental, Termos de Cooperação, a inserção da arqueologia em projetos de desenvolvimento, além de projetos exposições, cursos, palestras, grupos de trabalho. Contextualiza a atuação dos pesquisadores, das antigas às atuais, do processo de destruição que está em curso e da estrutura e equipamentos voltados ao apoio do profissional, procurando captar novas abordagens para esse expressivo patrimônio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1994-06-30

Como Citar

F. PARDI, M. L. . Preservação e fomento à pesquisa arqueológica a atuação do IBPC no Mato Grosso. Revista de Arqueologia, [S. l.], v. 8, n. 1, p. 201–220, 1994. DOI: 10.24885/sab.v8i1.475. Disponível em: https://revista.sabnet.org/ojs/index.php/sab/article/view/475. Acesso em: 27 set. 2022.

Edição

Seção

Artigo