Aquisição e descarte de bens arqueológicos

a experiência de elaboração de uma política de acervos para o LASCA/UFSM

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24885/sab.v33i3.829

Resumo

O presente artigo tem como objetivo refletir sobre os principais aspectos a serem considerados no que diz respeito à aquisição e descarte de bens arqueológicos, tendo como base a experiência de elaboração da Política de Acervos para o Laboratório de Arqueologia, Sociedades e Culturas das Américas (LASCA/UFSM). Nesse sentido, o estabelecimento de diretrizes para a aquisição e descarte de bens arqueológicos apresenta alguns desafios devido às singularidades (e complexidades) desses acervos, quando comparados à outras tipologias que são aqui detalhadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BALLARDO, Luciana M.. Documentação Museológica: A Elaboração de um Sistema Documental para Acervos Arqueológicos e sua aplicação no Laboratório de Estudos e Pesquisas Arqueológicas/UFSM. Dissertação (Mestrado em Patrimônio Cultural) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2013 Disponível em: https://repositorio.ufsm.br/handle/1/11012. Acesso em 25 de agosto 2020.

BONA, Irene Akemy Tomiyoshi; SARKIS, Jorge Eduardo Souza; SALVADOR, Vera Lucia Ribeiro; SOARES, André Luis Ramos; KLAMT, Sergio Célio. Análise arqueométrica de cerâmica Tupiguarani da região central do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, usando fluorescência de raios X por dispersão de energia (EDXRF). Química Nova, vol.30, no.4. São Paulo, July/Aug. 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-40422007000400006&lang=en. Acesso em 18 de agosto 2020.

BRUNO, Maria Cristina de Oliveira. Coleções e sítios arqueológicos musealizados: desafios para a gestão e socialização do patrimônio. In.: MENDONÇA, Elizabete de Castro (org.). Museologia, Musealização e Coleções: conexões para reflexão sobre o patrimônio. Rio de Janeiro, 2016. p. 149-155.

BRUNO, Maria Cristina de Oliveira. Museus de Arqueologia no Brasil: uma estratigrafia de abandonos e de desafios. In.: BRAGA, Eneida; COSTA, Ana Lourdes de Aguiar (orgs.) Anais 200 anos de museus no Brasil: desafios e perspectivas. Brasília: IBRAM, 2018. p.112-122. Disponível em: https://www.museus.gov.br/anais-200-anos-de-museus-no-brasil-desafios-e-perspectivas/. Acesso em 25 de agosto 2020.

CAMPOS, Guadalupe; GRANATO, Marcus. A Preservação de Coleções Científicas de Objetos Arqueológicos Metálicos. In: GRANATO, Marcus (org.). Museologia e Patrimônio - Coleção MAST: 30 anos de pesquisa - volume 1. Museu de Astronomia e Ciências Afins - MAST/MCTI. Rio de Janeiro. 2015. p. 269-298. Disponível em: http://site.mast.br/hotsite_mast_30_anos/pdf/volume_01.pdf#page=277. Acesso em 05 de agosto 2020.

CEREZER, Jedson Francisco. Cerâmica Guarani: Manual de Experimentação Arqueológica. 1. ed. Erechim: Habilis, 2011.

CEREZER, Jedson Francisco. Tecnologia e Simbolismo na Expansão da Horticultura no Sul do Brasil. Tese (Doutorado em Quaternário, Materiais e Culturas), Universidade de Trás-os-Montes- Alta Douro, Vila Real, Portugal, 2017.

CARBONERA, Mirian. A ocupaçao pré-colonial no alto rio Uruguai/SC: contatos culturais na Volta do Uvá. Tese (Doutorado em Arqueologia Brasileira) - Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/71/71131/tde-07072015-154149/pt-br.php. Acesso em 23 de agosto 2020.

COSTA, Carlos. Um grito de sobrevivência: agenciamento das bases jurídico-legais de endosso institucional para a guarda e pesquisa de acervos arqueológicos e a militância político-acadêmica das comunidades arqueológica e museológica. REVISTA DE ARQUEOLOGIA PÚBLICA, v. 11. Campinas, 2017. p. 215-253 Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rap/issue/view/1476. Acesso em 23 de agosto 2020.

COSTA, Carlos Alberto Santos Costa. Por políticas para a gestão e musealização do patrimônio arqueológico: uma escala de sentidos. Habitus, v. 17, n. 1. Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiás, 2019. p. 101-124. Disponível em: http://seer.pucgoias.edu.br/index.php/habitus/article/view/7088. Acesso em 25 de agosto 2020.

CURY, Marília Xavier. Lições indígenas para a descolonização dos museus: processos comunicacionais em discussão. Cadernos CIMEAC, v. 7, .n. 1, 2017. Uberaba, Minas Gerais. p. 184-211.

ICOM. Código de Ética do ICOM para Museus. Paris. 2009. Disponível em: http://icom.org.br/wp-content/themes/colorwaytheme/pdfs/codigo%20de%20etica/codigo_de_etica_lusofono_iii_2009.pdf. Acesso em 25 de agosto 2020.

IPHAN. Instrução Normativa (IN) IPHAN nº 001 de 25 de março de 2015. Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/uploads/legislacao/INSTRUCAO_NORMATIVA_001_DE_25_DE_MARCO_DE_2015.pdf. Acesso em 23 de agosto 2020.

IPHAN. Portaria IPHAN 195 de 18 de maio de 2016. Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/uploads/ckfinder/arquivos/Portaria_Iphan_195_de_18_de_maio_2016.pdf. Acesso em 23 de agosto 2020.

IPHAN. Portaria IPHAN 196 de 18 de maio de 2016. Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/uploads/ckfinder/arquivos/Portaria_Iphan_196_de_18_de_maio_2016.pdf. Acesso em 23 de agosto 2020.

LADKIN, Nicola. Gestão do acervo. In: BOYLAN. Patrick (Org.) Como gerir um museu: manual prático. Paris: ICOM, 2004. p. 17-32. Disponível em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000184713. Acesso em 25 de agosto 2020.

LAIA, Paulo Otávio. Percursos e Fronteiras: os labirintos entre a proteção legal e a salvaguarda institucional das coleções arqueológicas no Brasil. REVISTA DE ARQUEOLOGIA PÚBLICA, v. 11. Campinas, 2017. p. 166-185. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rap/issue/view/1476. Acesso em 25 de agosto 2020.

LEAL, Ana Paula da Rosa. Arqueologia, Museologia e Conservação: Documentação e Gerenciamento da Coleção proveniente do Sítio Santa Bárbara (Pelotas-RS). Dissertação (Mestrado em Antropologia), Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2014. Disponível em: http://guaiaca.ufpel.edu.br/handle/ri/2676. Acesso em 23 de agosto 2020.

MAST. Política de Aquisição e Descarte do Museu de Astronomia e Ciências Afins - MAST. Rio de Janeiro. 2011. Disponível em: http://portal.mast.br/images/pdf/politica_de_aquisicao_e_descarte.pdf. Acesso em 23 de agosto 2020.

MHNJB. Política de Acervos: aquisição, descarte e circulação do Museu de História Natural e Jardim Botânico da UFMG. Belo Horizonte. 2014. Disponível em: https://www.ufmg.br/mhnjb/wp-content/uploads/2018/09/PoliticaAcervos.pdf. Acesso em 23 de agosto 2020.

MHSC. Política de Aquisição e Descarte de Acervos do Museu Histórico de Santa Catarina - MHSC. Florianópolis. 2015. Disponível em: https://www.cultura.sc.gov.br/downloads/mhsc/downloads-5/2433-politica-de-aquisicao-e-descartes-do-mhsc. Acesso em 23 de agosto 2020.

PADILHA, Renata Cardozo. Documentação Museológica e Gestão de Acervo. Florianópolis: FCC Edições, 2014. Disponível em: http://www.fcc.sc.gov.br/patrimoniocultural/arquivosSGC/DOWN_175328Documentacao_Museologica_Gestao_Acervo.pdf. Acesso em 25 de agosto 2020.

SALADINO, Alejandra. IPHAN, arqueólogos e patrimônio arqueológico brasileiro: um breve panorama. Revista de Arqueologia, 27(1). 2014. p. 40-58.

SALADINO, Alejandra, CAMPOS, Luana, MOTTA, Lia; SORGINE, Juliana. As pós-graduações do IPHAN como termômetro da gestão do patrimônio arqueológico. Revista Arqueologia Pública, 13(2). Campinas, 2019. p. 146-168. Disponivel em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rap/article/view/8657360. Acesso em 25 de agosto 2020.

SALLÉS, Jaime Mujica; TOCCHETTO, Fernanda Bordin; ALVES, Clarice Da Silva; DODE, Susana Dos Santos; SOUZA, Taciane Silveira; SILVA, Fabio Barreto Da; DUTRA, Márcia Regina Ribeiro; MEDEIROS, Eneri James Borges; DOMINGUES, Bibiana Santos. Protocolo de ingresso de acervos arqueológicos em instituições de guarda e pesquisa: uma proposta do LÂMINA/UFPel e do Museu de Porto Alegre Joaquim Felizardo, RS. REVISTA DE ARQUEOLOGIA PÚBLICA , v. 11. Campinas, 2017. p. 6-24. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rap/issue/view/1476. Acesso em 05 de abril 2020.

SOUSA SANTOS, Boaventura de. Para além das linhas abissais do pensamento: das linhas globais a uma ecologia de saberes. Novos estud. - CEBRAP no.79 São Paulo, Nov. 2007. p.71-94. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-33002007000300004. Acesso em 25 de agosto 2020.

SPHAN. Portaria SPHAN 007 de 01 de dezembro de 1988. Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/uploads/legislacao/Portaria_n_007_de_1_de_dezembro_de_1988.pdf. Acesso em 23 de agosto 2020.

TOLEDO, Grasiela Tebaldi. Musealização da Arqueologia e Conservação arqueológica: experiências e perspectivas para a preservação patrimonial. Tese (Doutorado em Arqueologia) - Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/71/71131/tde-05062018-085208/pt-br.php. Acesso em 23 de agosto 2020.

VASCONCELOS, Mara Lúcia Carrett. Artefatos em ferro de origem terrestre: um estudo de caso sobre a interface entre pesquisa arqueológica e conservação no sítio Charqueada Santa Bárbara, Pelotas, RS, Brasil. Dissertação (Mestrado em Arqueologia), Universidade Federal de Sergipe. 2014. Disponível em: https://ri.ufs.br/bitstream/riufs/3212/1/MARA_LUCIA_CARRETT_VASCONCELOS.pdf. Acesso em 23 de agosto 2020.

VASCONCELOS, Mara Lúcia Carrett; ALCÂNTARA, Tainã Moura. Com quantas caixas se faz uma reserva técnica? Um relato de experiência sobre a gestão dos acervos arqueológicos no MAE/UFBA. REVISTA DE ARQUEOLOGIA PÚBLICA , v. 11. Campinas, 2017. p. 153-165. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rap/issue/view/1476. Acesso em 25 de agosto 2020.

WICHERS, Camila Azevedo de Moraes. Patrimônio Arqueológico paulista: proposições e provocações museológicas. Tese (Doutorado em Arqueologia) - Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/71/71131/tde-19062012-133008/pt-br.php. Acesso em 25 de agosto 2020.

WICHERS, Camila Azevedo de Moraes. Museus e Antropofagia do Patrimônio Arqueológico: (des)caminhos da prática brasileira. In.: BRAGA, Eneida; COSTA, Ana Lourdes de Aguiar (orgs.) Anais 200 anos de museus no Brasil: desafios e perspectivas. Brasília: IBRAM, 2018. p.123-138. Disponível em: https://www.museus.gov.br/anais-200-anos-de-museus-no-brasil-desafios-e-perspectivas/. Acesso em 25 de agosto 2020.

Downloads

Publicado

2020-12-28

Como Citar

DUQUE DE PAULA, B.; SALADINO, A.; RAMOS SOARES, A. L. Aquisição e descarte de bens arqueológicos: a experiência de elaboração de uma política de acervos para o LASCA/UFSM. Revista de Arqueologia, [S. l.], v. 33, n. 3, p. 171–188, 2020. DOI: 10.24885/sab.v33i3.829. Disponível em: https://revista.sabnet.org/ojs/index.php/sab/article/view/829. Acesso em: 7 ago. 2022.