Geoglifos do Acre

passado profundo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24885/sab.v35i2.949

Palavras-chave:

Geoglifo, rio Acre, Borracha

Resumo

Alceu Ranzi é geógrafo e paleontólogo, lecionou por mais de trinta anos na Universidade Federal do Acre - UFAC.      Há     mais de duas décadas trabalha incansavelmente na divulgação e defesa dos sítios arqueológicos conhecidos como geoglifos. Ele acaba de publicar “Geoglifos do Acre: passado profundo”, que narra a saga do pesquisador que propõe chamar a atenção do poder público e expressar na imprensa sua preocupação com relação a esse patrimônio. Esta peregrinação culminou em importantes projetos e parcerias que adotaram ferramentas multidisciplinares para entender a ampla distribuição dessas estruturas de terra na Amazônia Ocidental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Ranzi, Alceu. Geoglifos do Acre: passado profundo. Florianópolis: Officio, 2021. 155p

Downloads

Publicado

2022-06-01

Como Citar

PESSOA, C. Geoglifos do Acre: passado profundo. Revista de Arqueologia, [S. l.], v. 35, n. 2, p. 252–254, 2022. DOI: 10.24885/sab.v35i2.949. Disponível em: https://revista.sabnet.org/ojs/index.php/sab/article/view/949. Acesso em: 2 jul. 2022.

Edição

Seção

Resenha