A paisagem histórica da capital paraense e suas interrelações com as pessoas: e a Arqueologia com isso?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24885/sab.v36i2.1098

Palavras-chave:

Arqueologia Compulsória, Arqueologia Urbana, Arqueologia da Paisagem, Belém do Pará

Resumo

Este artigo discute intervenções arqueológicas compulsórias em contexto urbano, e analisa a paisagem histórica da capital do Estado do Pará. Buscou-se integrar os dois temas: pesquisa arqueológica compulsória e a análise da paisagem no Centro Histórico de Belém. O enfoque da análise será a progressiva intervenção na paisagem urbana de Belém e o modo como tal intervenção altera sobremaneira a experiência e circulação da população nos espaços. Além da discussão sobre a arqueologia no Centro Histórico, analiso a construção social de sua paisagem, sua historicidade e a relação desta com o que chamamos patrimônio cultural. O artigo aponta que intervenções foram feitas à revelia da participação popular, e, muitas vezes, reprodutora de relações de poder assimétricas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ney Gomes, Universidade Federal do Pará

Doutorando no programa de pós-graduação em Antropologia, na Universidade Federal do pará, com estágio sanduíche de 1 ano na University College London. Também no PPGA-UFPA cursei o mestrado em Antropologia, com ênfase em Arqueologia (2013) bem como o bacharelado e a licenciatura em História (2002). Fiz mestrado profissionalizante em Serviço Educativo de Museus pela Universidade Católica de Milão, na área de museologia (2005). Atuo como arqueólogo e antropólogo na área de licenciamento ambiental, tendo trabalhando também como Consultor para a UNESCO fazendo um inventário do patrimônio imaterial em comunidades quilombolas do Vale do Rio Guaporé e da festa do Divino no Estado de Rondônia. Minhas experiências se estendem à área de Arqueologia Preventiva, levantamentos de Patrimônio Cultural Material e Imaterial, Educação Patrimonial e trabalhos com comunidades tradicionais. Sou um dos fundadores do Periódico "Caderno 4 Campos", do qual sou o editor chefe e um dos revisores. Sou membro da Sociedade de Arqueologia Brasileira - SAB, da Associação Brasileira de Antropologia - ABA e da International Union of Anthropological and Ethnological Sciences - IUAES. Integro os grupos de pesquisa "Arqueologia do Baixo Amazonas/CNPq" e "Arqueologia Histórica Amazônida - GAHiA/CNPq".

Referências

ARAUJO DA SILVA, T. S. Paisagens do bem morrer: práticas mortuárias e cultura material no cemitério da Soledade (1850-1880). 2013. Monografia de graduação (Graduação) - Departamento de História, Universidade Federal do Pará, Belém.

ARROYO-KALIN, M. Landscaping, Landscape Legacies, and Landesque Capital in Pre-Columbian Amazonia. In: ISENDAHL, C. e STUMP, D. (Ed.). The Oxford Handbook of Historical Ecology and Applied Archaeology, 2016. cap. Chapter 6, p. 90-109.

AZEVEDO, J. L. Estudos de história paraense. Typ. de Tavares Cardoso, 1893.

AZEVEDO, J. L. Os jesuítas no Grão-Pará: suas missões e a colonização. T. Cardoso & irmão, 1901.

AZULAI, L. C. D. O. Percepções sobre cultura material e sítio histórico urbano na cidade de Belém-Pa: o caso do museu da UFPA e sua coleção de arqueologia urbana. 2018. Dissertação de Mestrado (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Antropologia, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal do Pará, Belém, Belém.

BAENA, A. L. M. Compêndio das eras da província do Pará. 1969.

BAENA, A. L. M. Ensaio Corográfico sobre a Província do Pará. Brasília: Senado Federal, 2004 [1885].

BARATA, M. Formação histórica do Pará: obras reunidas. Belém: Universidade Federal do Pará, 1973. 376 p. (Coleção Amazônica. Série José Veríssimo.

BELÉM, C. M. D. Lei do Patrimônio histórico. Belém, pp.

BENDER, B.; HAMILTON, S.; TILLEY, C. et al. Stone worlds: narrative and reflexivity in landscape archaeology. Left Coast Press, 2007.

BEZERRA, M. Signifying heritage in Amazon: a Public Archaeology project at Vila de Joanes, Marajó Island, Brazil. Chungara, Revista de Antropología Chilena, 44, n. 3, p. 533-542, 2012.

BEZERRA, M. Os sentidos contemporâneos das coisas do passado: reflexões a partir da Amazônia. Revista de Arqueologia Pública, n. 7, p. 107-122, 2013.

BEZERRA, M. At that Edge: Archaeology, Heritage Education, and Human Rights in the Brazilian Amazon. International Journal of Historical Archaeology, 19, n. 4, p. 822-831, 2015/12/01 2015.

BRUMANN, C.; GFELLER, A. É. Cultural landscapes and the UNESCO World Heritage List: perpetuating European dominance. International Journal of Heritage Studies, 28, n. 2, p. 147-162, 2021.

CABRAL, M. P.; SALDANHA, J. D. D. M. Um sítio, múltiplas interpretações; o caso do chamado "stonehenge do Amapá". Revista Arqueologia, 22, n. 1, p. 115-123, 2009.

CALDARELLI, S. B. Fatores Causadores de Impacto Sobre Bens Arqueológicos na Amazônia. In: I seminário internacional de gestão do patrimônio arqueológico Pan-Amazônico, 2009, Belém. p. 36.

CALDARELLI, S. B. Arqueologia Preventiva: uma disciplina na confluência da arqueologia pública e da avaliação ambiental. Habitus, 13, n. 1, 2015.

CALDARELLI, S. B.; NEVES, W. A.; COSTA, F. A. Rescue archaeology in brazilian amazon: retrospect and perspectives. Archaeology and Society. Large scale rescue operations – their possibilities and problems. ICAHM Report, 1, p. 277-286, 1988.

CAMPOS COSTA, S. Porto, Água e Vida: Paisagem, Sensorialidades e Transformações de uma Zona Portuária Amazônica (Cidade Velha, Belém, Pará). 2019. Dissertação de Mestrado (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Antropologia, Universidade Federal do Pará, Belém.

CASTANEDA, Q. Notes on the Work of Heritage in the Age of Archaeological Reproduction. Destinatário: ANTHROPOLOGY, O. S. O. E. A. 2006.

COSTA, D. M. Arqueologia Histórica Amazônida: entre sínteses e perspectivas. Revista de Arqueologia, 30, n. 1, p. 154-174, 06/30 2017a.

COSTA, D. M. Historical Archaeology in the Amazon: the Murutucu Sugar Cane Mill Field School Project. International Journal of Historical Archaeology, 21, n. 3, p. 674-689, 2017/09/01 2017b.

COSTA, D. M. Arqueologia histórica na região Norte do Brasil. In: SYMANSKI, L. C. e SOUZA, M. A. T. D. (Ed.). Arqueologia Histórica Brasileira. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2022. cap. 17, p. 493-514.

CRUMLEY, C. L.; MARQUARDT, W. H. Landscape: a unifying concept in regional analysis. In: ALLEN, K. M.;GREEN, S. W., et al (Ed.). Interpreting space: GIS and archaeology. London: Taylor and Francis, 1990. p. 73-79.

CULTURA, M. D. Homologa o tombamento do Conjunto Arquitetônico, Urbanístico e Paisagístico dos Bairros da Cidade Velha e Campina, no município de Belém, no Estado do Pará. Governo Federal, Brasília, pp. 1.

CULTURAL, C. C. D. P. Ata da 67º reunião do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural. NACIONAL, I. D. P. H. E. A. Brasília: Ministério da Cultural: 57 p. 2011.

DAI, T.; ZHENG, X.; YANG, J. A systematic review of studies at the intersection of urban climate and historical urban landscape. Environmental Impact Assessment Review, 97, 2022.

DAVES, L. F.; FACCIO, N. B. Arqueologia da Paisagem pelo viés geossistêmico: Sítio Arqueológico Piracanjuba, Munícipio de Piraju-SP. Sociedade & Natureza, 33, n. 0, 03/12 2021.

DEMJÁN, P.; DRESLEROVÁ, D.; KOLÁŘ, J. et al. Long time-series ecological niche modelling using archaeological settlement data: Tracing the origins of present-day landscape. Applied Geography, 141, 2022.

FERNANDES, G. C. B. Janela pra que te quero? Usos e desusos da arqueologia urbana na Praça do Carmo em Belém – PA. 2013. Qualificação de mestrado (Mestrado) - Programa de pós-graduação em antropologia, Universidade federal do Pará, Belém.

FERNANDES, G. C. B. “Um buraco no meio da praça”: múltiplas percepções sobre um sítio arqueológico em contexto urbano amazônico – o caso de Belém, Pará. 2014. 177 f. Dissertação de Mestrado (Mestrado) - Programa de pós-graduação em antropologia, Universidade Federal do Pará, Belém.

FERNANDES, G. C. B. Cultura Material e Arqueologia no Contemporãneo: O Caso da Capela Pombo Em Belém/Pará/Amazônia. Revista Mosaico - Revista de História, 12, p. 46-67, 2019.

FERNANDES, G. C. B. Arqueologia Contemporânea e suas possibilidades: o caso da Capela Pombo em Belém-Pa. 2022. 118 f. Tese de Doutorado - Programa de Pós-Graduação em Antropologia, Universidade Federal do Pará, Belém.

FERREIRA, A. R. Planta Geral da cidade de Belém, 1791: Ilustração em Viagem Filosófica pelas capitanias do Grão Pará, Rio Negro, Mato Grosso e Cuiabá p. 1791.

FERREIRA, L. M.; MONTENEGRO, M.; RIVOLTA, M. C. et al. Multivocalidad y activaciones patrimoniales en arqueología: perspectivas desde Sudamérica. Ciudad Autónoma de Buenos Aires: Fundación de Historia Natural Félix de Azara, 2014. 398 p.

FIGUEIREDO, C. A. R. O espaço urbano na Amazônia como campo de aplicação de forças diversas: a governança municipal e a participação popular no Centro Histórico de Belém. Brasiliana: Journal for Brazilian Studies, 9, n. 2, p. 161-181, 2021a.

FIGUEIREDO, C. A. R. PAC 2 cidades históricas e o plano de ação na requalificação da Praça do Carmo em Belém/PA – uma política pública com a participação popular? . In: I Congresso Pan Amazônico de Turismo, Lazer e Patrimônio, 2021b, Belém. CONGRESSE-ME, p. 229. Disponível em: https://cdn.congresse.me/hoj9c91mzzqtjv5unapdumfln9ws.

FIGUEIREDO, C. A. R. A ação do PAC 2 Cidades Históricas e a governança municipal na Amazônia: o caso da Praça do Carmo em Belém, PA. 2022a. 203 f. Doutorado (Doutorado) - Programa de Pós-graduação em Antropologia, Universidade Federal do Pará, Belém.

FIGUEIREDO, C. A. R. Arqueologia sensorial na Amazônia brasileira: percepções em um trajeto noturno à praça do Carmo, centro histórico de Belém. VESTÍGIOS –Revista Latino-Americana de Arqueologia Histórica, 16, n. 1, p. 3-25, 2022b.

FORTE, M. T. F.; SANJAD, T. A. B. C. Trajetória do pensamento preservacionista em Belém a partir dos tombamentos individuais e em conjunto. PosFAUUSP, 27, n. 50, 2020.

GARCÍA, C. G.; MARTÍNEZ, D. B.; BAPTISTA, B. V. Patrimonio y Multivocalidad: Teoría, práctica y experienciasen torno a la construcción del conocimiento en Patrimonio. 2015.

GNECCO, C. Multivocalidad histórica: hacia una cartografía postcolonial de la arqueología. 1. ed. Bogotá: Departamento de Antropología, Universidad de Los Andes, 1999. 120 p.

GNECCO, C. Discursos sobre el otro: Pasos hacia una arqueología de la alteridad étnica. Revista CS, p. 101-129, 2008.

GNECCO, C. Da Arqueologia do Passado à Arqueologia do Futuro: anotações sobre multiculturalismo e multivoclidade. Amazônica, 2, n. 1, p. 92-103, 2010.

GNECCO, C. Arqueología multicultural. Notas intempestivas. Complutum, 23, n. 2, 2013.

GNECCO, C. Heritage in Multicultural Times. In: The Palgrave Handbook of Contemporary Heritage Research, 2015. cap. Chapter 17, p. 263-280.

GNECCO, C. Development and Disciplinary Complicity: Contract Archaeology in South America Under the Critical Gaze. Annual Review of Anthropology, 47, n. 1, p. 279-293, 2018.

GNECCO, C. A world full of adjectives: sustainable archaeology and soothing rhetoric. Antiquity, 93, n. 372, p. 1664-1665, 2019.

GODINHO, E. D. S. P. A Invenção do Centro Histórico de Belém/PA. 2019a. 379 f. Dissertação de Mestrado (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, Universidade Federal do Pará, Belém, Belém.

GODINHO, E. D. S. P. O Centro Histórico de Belém-PA: uma política da estética? In: SILVA, L. D. J. D. e MIRANDA, C. S. (Ed.). Olhares sensíveis ao Centro Histórico de Belém: vivências e temporalidades. Belém: NAEA, 2019b.

GOMES, N. Arqueologia e cultura material – uma História contada em cacos de vidros e louças da Vila de Santo Antônio (Porto Velho – Ro). 2013. 144 f. Dissertação de Mestrado (Mestrado) - Programa de pós-graduação em antropologia, Universidade Federal do Pará, Belém.

GOMES, N. Pode um paraense dar-se a surpresas sensoriais visitando o Ver-o-Peso? Sobre uma incursão não usual ao campo. Caderno 4 Campos, 1, n. 1, p. 21-24, 2018a.

GOMES, N. Projeto de pesquisa arqueológica e educação patrimonial, anexo II do SESC Boulevard. Sesc-PA. Belém, Pará, p. 28. 2018b. Projeto de Pesquisa.

GOMES, N. Archaeological work and public perception the experience of archaeological excavation in the historic city centre of the oldest capital in the Brazilian Amazon. In: ALMANSA-SÁNCHEZ, J. e MUNIZ, T. S. A. (Ed.). M(C)AGA - A photo-essay on Latin American approaches to contemporary archaeology. Madrid: Asociación para la Investigación y la Difusión de la Arqueología Pública, JAS Arqueología, 2020. cap. 10 - Archaeology and Heritage in Metropolis from global South, p. 148-158.

GOMES, N. Arqueologia, Etnografia e Multivocalidades – percepções sobre o patrimônio arqueológico em uma escavação no centro histórico de Belém. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi, 18, n. 1, p. no prelo, 2023.

GOMES, N.; COSTA, D. F. D.; SÓSTENES, S. Projeto de pesquisa arqueológica e educação patrimonial no anexo II do SESC Boulevard. Sesc-Pa. Belém, Pará, p. 193. 2019. Relatório Preliminar.

GOMES, N.; LOPES, R. C. D. S. Cacareco de índio e artefato arqueológico: conversas entre arqueólogos e a família Souza no Sítio Cedro, Santarém – Pará. Revista de Arqueologia Pública, 5, n. 1, p. 20-31, 2012a.

GOMES, N.; LOPES, R. C. D. S. Os co-trabalhadores do Cedro - uma possibilidade de Arqueologia Pública. In: SCHAAN, D. P. (Ed.). Arqueologia, patrimônio e multiculturalismo na beira da estrada: pesquisando ao longo das rodovias Transamazônica e Santarém-Cuiabá, Pará. Belém: GKNoronha, 2012b. p. 73-92.

GOMES, N.; SEABRA, A. C. D. S.; PINA, A. D. D. V. et al. Projeto de pesquisa arqueológica e educação patrimonial anexo II do SESC Boulevard. Sesc-PA. Belém, Pa. 2022. Relatório Final de Análise.

GUAPINDAIA, V.; MARQUES, F. L. T.; MAGALHÃES, M. P. Resgate arqueológico da Igreja de N. S. do Rosário dos homens brancos, em Belém, Pará. Fumbel/PMB. Belém, p. 9. 1996.

HERNANDO, A. Arqueología y Globalización. El problema de la defilnición del otro en la Postmodernidad. Complutum (Madrid), n. 17, p. 221-234, 2006.

HERNANDO, A. ¿Por qué la arqueología oculta la importancia de la comunidad? Trabajos de Prehistoria, 72, n. 1, p. 22-40, 2015.

HODDER, I. Reading the past : current approaches to interpretation in archaeology. Cambridge [Cambridgeshire]; New York: Cambridge University Press, 1986. xi, 194 p.

HODDER, I. Interpreting archaeology: finding meaning in the past. London; New York: Routledge, 1995. vii, 275 p.

IPHAN. Termo de embargo, processo IPHAN nº 01492.000345/2021-74. FISCALIZAÇÃO, D. D. P. M. E. Belém: IPHAN: 2 p. 2021.

IPHAN embarga obra no cemitério da Soledade. Pará Web News, Belém, 22/09/2021. Disponível em: https://parawebnews.com/iphan-embarga-obra-no-cemiterio-da-soledade/.

IPHAN impede obras no Cemitério Soledade. Belém, 2021. Disponível em: https://belemcity.com.br/para/23/09/2021/iphan-impede-obras-no-cemiterio-soledade/. Acesso em: 23/09/2021.

KELLY, P.; FUENZALIDA, N.; SIERRALTA, S. et al. “Si la arqueología no me sirve para entender lo que pasa en mi país ahora, de verdad no vale la pena”. Boletín de la Sociedad Chilena de Arqueología. LUMBRERAS, L. G. Boletín de la Sociedad Chilena de Arqueología: 1-16 p. 2019.

KERN, A. A. Intervenção arqueológica na Igreja do Rosário dos homens brancos, Largo do Carmo, Belém-Pará - Relatório de assessoria em arqueologia histórica. Fumbel/PMB. Belém, p. 24. 1996.

KING, T. Indians on Vacation. Toronto, Canada: Harper Collins 2020. 296 p.

LEONE, M. P.; ARMSTRONG, D. V.; MARSHALL, Y. et al. The Archaeology of Liberty in an American Captial: Excavations in Annapolis. Cambridge Archaeological Journal, 18, n. 01, 2008.

LEONE, M. P.; POTTER, P. B.; SHACKEL, P. A. et al. Toward a critical archaeology [and comments and reply]. Current Anthropology, 28, n. 3, p. 283-302, 1987.

LOPES, P. R. D. C.; FONSECA JÚNIOR, A. D. F. J.; MENDES, K. L. M. Pesquisa de Avaliação do Patrimônio Arqueológico no Cemitério da Soledade – Belém/Pará. Secretaria de Estado de Cultura do Pará - SECULT-PA, Processo IPHAN n. 01492.000345/2021-74. Belém, p. 22. 2021. Projeto de Pesquisa.

LOPES, P. R. D. C.; FONSECA JÚNIOR, A. D. F. J.; MENDES, K. L. M. Acompanhamento Arqueológico, Cemitério da Soledade. Secretaria de Estado de Cultura do Pará - SECULT-PA, . Belém, p. 232. 2022a. Relatório Parcial.

LOPES, P. R. D. C.; FONSECA JÚNIOR, A. D. F. J.; MENDES, K. L. M. Pesquisa de avaliação do patrimônio arqueológico no Cemitério da Soledade – Belém/Pará. Secretaria de Estado de Cultura do Pará - SECULT-PA. Belém, p. 17. 2022b. Relatório de Educação Patrimonial.

LOPES, P. R. D. C.; FONSECA JÚNIOR, A. D. F. J.; MENDES, K. L. M. Pesquisa de avaliação do patrimônio arqueológico no Cemitério da Soledade – Belém/Pará. Secretaria de Estado de Cultura do Pará - SECULT-PA, . Belém, p. 1074. 2022c. rograma de gestão do patrimônio arqueológico – PGPA, Relatório de Escavação.

LOPES, P. R. D. C.; FONSECA JÚNIOR, A. D. F. J.; MENDES, K. L. M. Pesquisa de avaliação do patrimônio arqueológico no Cemitério da Soledade – Belém/Pará. Secretaria de Estado de Cultura do Pará - SECULT-PA. Belém, p. 186. 2022d. Programa de gestão do patrimônio arqueológico – PGPA, Relatório de Prospecção.

LOPES, R. C. D. S. "Indigtiado estrupício": Arqueologia e significados acerca do muro do Forte do Presépio (Belém - Pará). Amazônica, 3, n. 2, p. 370-390, 2011.

LOPES, R. C. D. S. “O melhor sítio da terra": Colégio e igreja dos jesuítas e a paisagem de Belém do Grão-Pará (Um estudo de arqueologia da arquitetura). 2013. Dissertação de mestrado (Mestrado) - Programa de pós-graduação em Antropologia, Universidade federal do Pará, Belém.

LOPES, R. C. D. S.; GOMES, R. N. D. C. De roça a sítio: o saber local e pesquisas arqueológicas. In: I Congresso Pan-Amazônico e VII Encontro da Região Norte de História Oral, 2012, Belém. Editora Açaí.

MARQUES, F. L. T. Proposta de Ampliação de Prospecção Arqueológica na Área do Cais de Belém, Pará. Museu Paraense Emílio Goeldi. Belém. 1999a. Relatório Preliminar, Inédito.

MARQUES, F. L. T. Proposta de Ampliação de Prospecção Arqueológica na Àrea do Cais de Belém, Pará. Museu Paraense Emílio Goeldi.Belém-Pará. Belém. 1999b. Relatório Inédito.

MARQUES, F. L. T. Pesquisa arqueológica na área do Forte do Castelo, em Belém, PA - Monitoramento Arqueológico. MPEG/SECULT. Belém. 2003.

MARQUES, F. L. T. Prospecção Arqueológica no Palácio Episcopal de Belém. In: ESTADO, S. E. D. C. D. (Ed.). Feliz Lusitânia/ Museu de Arte Sacra. Belém: Secult/PA, 2005. v. 3, p. 1-308. (Série Restauro).

MARQUES, F. L. T. Investigação Arqueológica na Feliz Lusitânia. In: ESTADO, S. E. D. C. D. (Ed.). Feliz Luzitânia/Forte do Presépio – Casa das Onze Janelas – Casario da Rua Padre Champanhat. Belém: Secult/PA, 2006. v. 4, p. 147-187. (Série restauro).

MARQUES, F. L. T. Um sítio indígena sob a Feliz Lusitânia: Descobertas recentes em Arqueologia Urbana em Belém do Pará. In: SIMONIAN, L. T. L. (Ed.). Belém do Pará: história, cultura e sociedade. Belém: Ed. da UFPA, 2010. v. 1, p. 49-58.

MEGGERS, B. The Archaeology of the Amazon Basin. Bulletin 143 - Handbook of South American Indians, 3, p. 149-166, 1948.

MEIRA FILHO, A. Evolução histórica de Belém do Grão-Pará: fundação e história, 1616-1823. M2P Arquitetura e Engenharia, 2015.

MUNIZ, T. S. A.; GOMES, D. M. C. Identidades materializadas na Amazônia Colonial: a cerâmica dos séculos XVIII e XIX do sítio Aldeia, Santarém, PA. Vestígios - Revista Latino-Americana de Arqueologia Histórica, 11, n. 2, p. 52-76, 2017.

NEVES, E. G. O lugar dos lugares: escala e intensidade das modificações paisagísticas na Amazônia central pré-colonial em comparação com a Amazônia contemporânea. Ciência & Ambiente, n. 31, p. 79-91, 2005.

NEVES, E. G. El Formativo que nunca terminó: la larga historia de estabilidad en las ocupaciones humanas de la Amazonía central. Boletín de Arqueología PUCP, n. 11, p. 117-142, 2007.

NEVES, E. G. Ecology, Ceramic Chronology and Distribution, Long-term History, and Political Change in the Amazonian Floodplain. In: SILVERMANN, H. e ISBELL, W. (Ed.). Handbook of South American Archaeology. New York: Springer, 2008. p. 359-379.

OKAMURA, K.; MATSUDA, A. New perspectives in global public archaeology. New York: Springer, 2011. viii, 280 p.

OLIVEIRA, B. A. M. Paisagem, Patrimônio e Arte: o Projeto Rota Urbana pela Arte no Centro Histórico em Belém-Pa. 2016. 118 f. Monografia de Especialização - Planejamento e Gestão Pública do Patrimônio Cultural (Especialização) - Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, Universidade Federal do Pará, Belém. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1487.

OLIVEIRA MARTINS, I. F. Arqueologia e Etnicidade na Amazônia Oriental: O caso do Engenho Murutucu em Belém do Pará. Orientador: COSTA, D. M. 2015. 139 f. Dissertação de Mestrado (Mestrado) - Programa de Pós-Graduaçao em Antropologia, Belém.

ONYANGO, D. O.; OPIYO, S. B. Detection of historical landscape changes in Lake Victoria Basin, Kenya, using remote sensing multi-spectral indices. Watershed Ecology and the Environment, 4, p. 1-11, 2022.

Planta geometrica da cidade de Belém do Gram Pará. : Fundação Biblioteca Nacional: mapa ms, aquarelado, 47 x 68cm em f.51 x 72,45. p. 1753.

QUINTERO-ANGEL, M.; COLES, A.; DUQUE-NIVIA, A. A. A historical perspective of landscape appropriation and land use transitions in the Colombian South Pacific. Ecological Economics, 181, 2021.

RIBEIRO, B. G. Perspectivas Etnológicas para Arqueólogos (1957-1988). BIB, 29, p. 17-77, 1990.

ROOSEVELT, A. C. The development of prehistoric complex societies: Amazonia: a tropical forest. In: BACUS, E. A. e LECERO, L. J. (Ed.). Complex Polities in the Ancient Tropical World, 1999. p. 13-33.

SAN-ANTONIO-GÓMEZ, C.; VELILLA, C.; MANZANO-AGUGLIARO, F. Urban and landscape changes through historical maps: The Real Sitio of Aranjuez (1775–2005), a case study. Computers, Environment and Urban Systems, 44, p. 47-58, 2014.

SAUER, C. O. The morphology of landscape (1925). In: LEIGHLY, J. (Ed.). Land and Life: a selection from the writings of Carl Ortwin Sauer. Berkley/Los Angeles: University of California Press, 1969. p. 315-350.

SCHAAN, D. P. Reflexões de uma arqueóloga e mulher na Amazônia. In: DOMÍNGUEZ, L.;FUNARI, P. P. A., et al (Ed.). Desafios da Arqueologia - Depoimentos. Erechim: Habilis, 2009. p. 89-99.

SCHAAN, D. P. Long-Term Human Induced Impacts on Marajó Island Landscapes, Amazon Estuary. Diversity, 2, n. 2, p. 182-206, 2010.

SCHAMA, S. Landscape and memory. 1st ed. New York: A.A. Knopf: Distributed by Random House, 1995. xi, 652 p.

SEABRA, A. C. D. S. Projeto Arqueológico para as obras de requalificação da Rua João Alfredo, Bairro da Campina, Belém/PA. Apresentado ao IPHAN, Processo N°: 01492.000147/2019-96. Belém, p. 56. 2020a. Relatório Parcial.

SEABRA, A. C. D. S. Projeto Arqueológico para obras de quaificação da Rua João Alfredo, Bairro da CAmpina, Belém/PA. Apresentado ao IPHAN, Processo N°: 01492.000147/2019-96. Belém, p. 47. 2020b. Projeto de Pesquisa.

SEABRA, A. C. D. S. Projeto de Acompanhamento Arqueológico e Arqueologia Pública nas Obras de Reforma e Restauro do Solar da Beira. Apresentado ao IPHAN, Processo n° 01492.000319/2019-21. Belém, p. 138. 2020c. Relatório Final.

SILVA, A. B. C. D. Programa de Acompanhamento Arqueológico Belém Porto Futuro. Inside Consultoria Científica Ltda, Processo IPHAN 01492.000016/2018-28 Belém, p. 39. 2018. Projeto de Acompanhamento Arqueológico.

SILVA, A. B. C. D. Programa de Acompanhamento Arqueológico Belém Porto Futuro. Inside Consultoria Científica Ltda, Processo IPHAN 01492.000016/2018-28. Belém, p. 130. 2019. Relatório Final de Acompanhamento Arqueológico e Relatório Laboratorial.

SILVA, R. C. E. Mudanças cartográficas da área que hoje convencionamos chamar centro histórico de Belém. : Mapa criado para comparar as mudanças cartográficas do centro histórico de Belém, a partir de quatro diferentes cartografias: uma de 1640, outra de 1753, uma de 1791 e finalmente o mapa moderno tendo destacado o conjunto tomabado dos bairros da Cidade Velha e Campina, assim como seu entorno p. 2023.

SMITH, L. Archaeological theory and the politics of cultural heritage. London; New York: Routledge, 2004. xi, 260 p.

SMITH, L. Uses of heritage. London, New York: Routledge, Taylor & Francis Group, 2006. xiv, 351 p. p.

SMITH, L. El “espejo patrimonial”. ¿Ilusión narcisista o reflexiones múltiples? Antipoda Rev. Antropol. Arqueol., n. 12, p. 39-63, 2011.

SMITH, L.; SHACKEL, P. A.; CAMPBELL, G. Heritage, labour, and the working classes. London; New York: Routledge, 2011. xv, 309 p. p. (Key issues in cultural heritage. 9780415618106 (alk. paper)

SMITH, L.; WATERTON, E.; WATSON, S. The cultural moment in tourism. London; New York: Routledge, 2012. xv, 295 p. p. (Routledge advances in tourism. 9780415611152 (hbk alk. paper).

SOUZA, A. C. Arqueologia da Paisagem e a Potencialidade interpretativa dos Espaços Sociais. Habitus, Goiânia, 3, n. 1, p. 291-300, jul./dez.2005 2005.

SYMANSKI, L. C. P.; GOMES, D. M. C. Mundos mesclados, espaços segregados: cultura material, mestiçagem e segmentação no sítio Aldeia em Santarém (PA). Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material, 20, p. 053-090, 2012.

Teekening van de Stat en de fort van Grand Para. The Hague: National Archives of the Netherlands: Groot 0.35 - 30.47 El. Manuscript Gefacsimileerd in Grote Atlas van de West-Indische Compagnie deel I p. 175 p. 1584/1865.

TILLEY, C. A phenomenology of landscape: places, paths, and monuments. Berg Oxford, 1994.

TILLEY, C. Introduction: Identity, Place, Landscape and Heritage. Journal of Material Culture, 11, n. 1-2, p. 7-32, 2006.

TILLEY, C. Walking the past in the present. In: Landscapes Beyond Land: Routes, Aesthetics, Narratives, 2012. v. 19, p. 15-32.

TILLEY, C. Interpreting landscapes: geologies, topographies, identities; explorations in landscape phenomenology 3. Routledge, 2016.

TILLEY, C. London's Urban Landscape. UCL Press, 2019.

TILLEY, C. The materiality of stone: explorations in landscape phenomenology. Routledge, 2020. 260 p.

TILLEY, C.; CAMERON-DAUM, K. The anthropology of landscape materiality, embodiment, contestation and emotion. In: Anthropology of Landscape: UCL Press, 2017. p. 1-22. (The Extraordinary in the Ordinary).

TILLEY, C.; CAMERON–DAUM, K. An Anthropology of Landscape. London, UK: UCL Press, 2017. 346 p.

VAN LANEN, R. J.; VAN BEEK, R.; KOSIAN, M. C. A different view on (world) heritage. The need for multi-perspective data analyses in historical landscape studies: The example of Schokland (NL). Journal of Cultural Heritage, 53, p. 190-205, 2022.

WOODCOCK, B. A.; PYWELL, R. F.; MACGREGOR, N. A. et al. Historical, local and landscape factors determine the success of grassland restoration for arthropods. Agriculture, Ecosystems & Environment, 308, 2021.

Downloads

Publicado

2023-05-25

Como Citar

GOMES, Ney. A paisagem histórica da capital paraense e suas interrelações com as pessoas: e a Arqueologia com isso?. Revista de Arqueologia, [S. l.], v. 36, n. 2, p. 243–273, 2023. DOI: 10.24885/sab.v36i2.1098. Disponível em: https://revista.sabnet.org/ojs/index.php/sab/article/view/1098. Acesso em: 24 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigo