“Fora das grandes aldeias”

A ocupação do recôndito sítio arqueológico Vereda

Autores

  • Igor M. Mariano Rodrigues Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.24885/sab.v25i1.346

Palavras-chave:

Sítio Vereda III, Lagoa Santa, Tradição Aratu-Sapucaí, Análise espacial, Tecnologia cerâmica

Resumo

Esta dissertação teve como objetivo central a análise espacial do sítio arqueológico Vereda III, atribuído a Tradição Aratu-Sapucaí. Localizado na região cárstica de Lagoa Santa, Minas Gerais, trata-se de um recôndito lugar no qual foram exumados vestígios líticos e cerâmicos. Encontrado durante as prospecções realizadas no ano de 2003 do projeto temático “Origens e Microevolução do Homem na América: uma abordagem Paleoantropológica”, o sítio teve
grande parte de seu material coletado no referido ano pela equipe do Laboratório de Estudos Evolutivos do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo. No ano de 2010, o sítio foi alvo de escavação em superfície ampla, realizada pelo Setor de Arqueologia do Museu de História Natural da Universidade Federal de Minas Gerais, no âmbito da presente pesquisa de mestrado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-06-30

Como Citar

M. MARIANO RODRIGUES, I. “Fora das grandes aldeias”: A ocupação do recôndito sítio arqueológico Vereda. Revista de Arqueologia, [S. l.], v. 25, n. 1, p. 162–164, 2012. DOI: 10.24885/sab.v25i1.346. Disponível em: https://revista.sabnet.org/ojs/index.php/sab/article/view/346. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Resumo de Tese e Dissertação