A travessia Atlântica de árvores sagradas: Estudos de paisagem e arqueologia em área de remanescente de quilombo em Vila Bela - MT (e a sua interface com a religiosidade Afro-Brasileira)

Autores

  • Patrícia Marinho de Carvalho

DOI:

https://doi.org/10.24885/sab.v26i2.398

Resumo

A pesquisa de mestrado de que trata esse resumo foi desenvolvida sob a orientação da professora Dra. Marta Heloísa Leuba Salum, e financiada com recursos do Programa Internacional de Bolsas de Pós-graduação da Fundação Ford, da qual fui bolsista entre 2008 e 2011. A pesquisa empírica foi desenvolvida junto à comunidade remanescente de quilombo
do Boqueirão, em Vila Bela da Santíssima Trindade/MT, entre 2008 e 2011. Paralelamente ao levantamento no Boqueirão, realizamos pesquisas de campo em cinco comunidades de cultos afro-brasileiros, quatro na região metropolitana de São Paulo e uma na zona rural de Cuiabá. A dissertação teve como objetivo contribuir para o incremento dos estudos africanos e afro-brasileiros no campo da arqueologia, por meio do estudo de significação simbólica atribuída por afrodescendentes a elementos da paisagem – árvores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-06-30

Como Citar

MARINHO DE CARVALHO, P. . A travessia Atlântica de árvores sagradas: Estudos de paisagem e arqueologia em área de remanescente de quilombo em Vila Bela - MT (e a sua interface com a religiosidade Afro-Brasileira). Revista de Arqueologia, [S. l.], v. 26, n. 2, p. 287–290, 2014. DOI: 10.24885/sab.v26i2.398. Disponível em: https://revista.sabnet.org/ojs/index.php/sab/article/view/398. Acesso em: 7 ago. 2022.

Edição

Seção

Resumo de Tese e Dissertação