Proposta metodológica para o cadastramento e mapeamento de sítios pré-históricos do Brasil

Autores

  • Dorath Pinto Uchôa Museu de Arqueologia e Etnologia

DOI:

https://doi.org/10.24885/sab.v8i1.467

Palavras-chave:

Cadastramento de sítios, Mapeamento de sítios, Teoria e Metodologia

Resumo

A proposta da autora é de caráter metodológico com vistas ao cadastramento e mapeamento de sítios pré-históricos do Brasil à nível cartográfico, objetivando um diagnóstico da situação atual do cadastramento e mapeamento com o fim de elaborar um Atlas de Arqueologia para o território nacional, inicialmente, voltado à temática da pré-história brasileira. Paralelamente, busca também, ampliar os instrumentos já existentes para a preservação e proteção dos sítios arqueológicos pré-históricos e históricos, com base na formulação de novos mecanismos para uma política mais atuante e adequada às realidades do país.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CHACEL, F.M. e AB'SABER, A. Modelo de Curso de Planejamento Paisagístico - Brasília, Ministério de Educação e Cultura, 1976.

Comissão de Planejamento Paisagístico da União Internacional de Conservação da Natureza, citado in: AB'SABER, 1976.

JOLY, Fernand. A Cartografia. Papirus Editora. 1990. Campinas/SP.

PPSHI. primeira parte - Municípios do Litoral do Circuito da Fazenda Nova, Recife, 1982.

Downloads

Publicado

1994-06-30

Como Citar

PINTO UCHÔA, D. . Proposta metodológica para o cadastramento e mapeamento de sítios pré-históricos do Brasil. Revista de Arqueologia, [S. l.], v. 8, n. 1, p. 103–107, 1994. DOI: 10.24885/sab.v8i1.467. Disponível em: https://revista.sabnet.org/ojs/index.php/sab/article/view/467. Acesso em: 27 set. 2022.

Edição

Seção

Artigo