O Sambaqui da beirada (Saquarema - Rio de Janeiro)

Autores

  • Lina Maria Kneip
  • Filomena Crancio
  • Benedicto H. Rodrigues Francisco

DOI:

https://doi.org/10.24885/sab.v5i1.67

Resumo

O estudo do Sambaqui da Beirada faz parte de uma pesquisa interdisciplinar — "Projeto Saquarema: Pré-Hist6ria•e Paleoambiente" — em desenvolvimento no litoral do Município de Saquarema, Estado do Rio de Janeiro. Escavações sistemáticas realizadas em 1987 numa área de 160mf e com a profundidade máxima de 1.75m apresentou camadas de ocupação com vestígios de pedras, ossos e conchas. Floram classificadas um total de 398 peças de pedra, 269 de ossos e 208 de conchas. A indústria de pedra dominante é representada por "peças utilizadas" como "seixos de superfície polida pelo uso" e "percutores" principalmente de diabásio, e cuja 10• calizaçäo na área pemtitiu a elaboração de três hipóteses relativas ao paleoambiente. A indústria óssea mais significativa é representada por ' 'pontas" e "agulhas", sendo essa última realizada na confecção da "rede de pescar". Tais resultados mostraram que o homem do sambaqui da Beirada era tão coletor de moluscos quanto pescador.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDREATTA, M. D. 1968 "Sugestões para uma terminologia do material arqueológico de dente, chifre, osso". II Simpósio de Arqueologia da Área do Prata e Adjacências, São Leopoldo, mimeo.

CARVALHO, E. T. 1984 — Estudo arqueológico do Sttio Corond6. Missão de 1978. Boletim do Instituto de Arqueologia Brasileira. Série Monografias, Rio de Janeiro, 2, 243 p.

FARIA, A. e MAGALHÃES, E. 1939 "Lagoa de Saquarema". Boletim do Ministério de Agricultura, Ano 28, Rio de Janeiro, 7-9 : 58-8.

HEREDIA, O. R., et ai. 1984 — "Assentamentos pré-históricos nas ilhas do litoral centro-sul brasileiro; o Sítio Guaíba (Mangaratiba, RJ). Revista de Arqueologia. Rio de Janeiro, v. 2(1) : 13-29.

KNEIP, L. M. 1977 — Pescadores e coletores pré-históricos do litoral de Cabo Frio, RI. Coleção Museu Paulista. Série de Arqueologia, São Paulo, v. 5, 169 p.

KNEIP, L. M. e PALLESTRINI, L. 1988 "Gênese do Sambaqui da Beirada à luz da metodologia por superfícies amplas — Saquarema, Rio de Janeiro". Revista do Museu Paulista, São Paulo, v. XXXIII (no prelo).

LAMING-EMPERAIRE, A. 1967 — Guia para o estudo das indústrias líticas da América do Sul. Manuais de Arqueologia, Curitiba, 2, 155 p.

LEROI-GOURHAN, A. e BRÉZILLON, M. 1972 — Feuilles de Pincevent. La section 26. Supplément à Gallia Préhistoire, Paris, VI e : 1-325

MORAIS, J. L. 1987 "A propósito do estudo das indústrias líticas". Revista do Museu Paulista, São Paulo, v. XXXII, mimeo. (no prelo).

ROHR, J. A.1977"Terminologia queratosseodontomalac016gica". Anais do Museu de Antropologia, Florianópolis, Ano VI 1-1 X, N 2s 9-10: 5-81.

SOUZA, A. C. M. 1981 — Pré-História Fluminense. SEEC/INEPAC, Rio de Janeiro, 80 p. + bibliog. + anexos.

SUGUIO, K. 1973 — Introdução à Sedimentologia. Ed. Universitaria, São Paulo, 316 p.

VILHENA DE MORAIS, A. 1977 — Estudo da indústria Iftica proveniente da primeira campanha de escavações (1971) no sítio Almeida, município de Tejupá, Estado de São Paulo. Coleção Museu Paulista, Série de Arqueologia, São Paulo, 4

Downloads

Publicado

1988-06-30

Como Citar

MARIA KNEIP, L. .; CRANCIO, F.; H. RODRIGUES FRANCISCO, B. . O Sambaqui da beirada (Saquarema - Rio de Janeiro). Revista de Arqueologia, [S. l.], v. 5, n. 1, p. 41–54, 1988. DOI: 10.24885/sab.v5i1.67. Disponível em: https://revista.sabnet.org/ojs/index.php/sab/article/view/67. Acesso em: 27 set. 2022.

Edição

Seção

Artigo