Arqueologia subaquática no Brasil

aspectos técnicos

Autores

  • Gilson Rambelli Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.24885/sab.v8i2.683

Resumo

Hoje, diante do quadro de pesquisas arqueológicas científicas realizadas com sucesso no ambiente aquático de vários países do mundo, podemos falar em um amadurecimento no que diz respeito às técnicas de intervenção e de conservação nas pesquisas subaquáticas. Sendo assim, é incabível que ela continue sendo vista no Brasil como uma mera, simples e aventureira recuperação de objetos do fundo das águas, como se pensava há quase cinqüenta anos. Devemos compreendê-la, logo concebê-la como a Arqueologia praticada em um meio distinto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1994-12-30

Como Citar

RAMBELLI, G. . Arqueologia subaquática no Brasil: aspectos técnicos. Revista de Arqueologia, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 435–437, 1994. DOI: 10.24885/sab.v8i2.683. Disponível em: https://revista.sabnet.org/ojs/index.php/sab/article/view/683. Acesso em: 7 out. 2022.

Edição

Seção

Artigo