Otólitos, para que te quero?

Autores

  • Daniela Klokler

DOI:

https://doi.org/10.24885/sab.v29i1.440

Palavras-chave:

sambaquis, zooarqueologia, ritual funerário

Resumo

Otólitos são concreções de aragonita localizadas no neurocrânio de peixes. Em alguns casos, esses elementos têm maior porte e podem ser usados por pesquisadores como peças diagnósticas para identificação e quantificação de indivíduos em sítios arqueológicos. Muitas populações os utilizaram como amuletos, oráculos, remédio e matéria-prima para jóias. Otólitos são comumente encontrados em sambaquis e são geralmente encarados como parte dos esqueletos dos peixes, sendo depositados em sítios como refugo de processamento e consumo. A pesquisa em um sítio cemitério revela novas hipóteses para a presença de otólitos em sambaquis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-06-30

Como Citar

KLOKLER, D. Otólitos, para que te quero?. Revista de Arqueologia, [S. l.], v. 29, n. 1, p. 03–17, 2016. DOI: 10.24885/sab.v29i1.440. Disponível em: https://revista.sabnet.org/ojs/index.php/sab/article/view/440. Acesso em: 16 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigo