Duas décadas depois das “Novas perspectivas na reconstituição do modo de vida dos sambaquieiros: uma abordagem multidisciplinar”

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24885/sab.v36i2.1105

Palavras-chave:

Sambaquis, Estado da arte, Arqueologia costeira

Resumo

Profundas mudanças teóricas e metodológicas marcaram a Arqueologia de Sambaquis no início dos anos 2000. Projetos interdisciplinares e abordagens pós-processualistas levaram ao reconhecimento dos sítios como monumentos funerários e marcadores de paisagem. O artigo “Novas perspectivas na reconstituição do modo de vida dos sambaquieiros: uma abordagem multidisciplinar” sintetizou o conhecimento da época e abriu o debate sobre cultivo de vegetais nessa sociedade. Nos vinte anos seguintes as pesquisas se multiplicaram, desenvolvendo questões e inaugurando novas rotas de estudo. O presente artigo propõe uma atualização dos temas abordados e sintetiza as pesquisas mais atuais, com foco em aspectos como padrão de assentamento, processos de formação, organização social, cronologia, paisagem, dieta, economia, modos de vida, processo saúde-doença, tecnologia e domínio simbólico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVES, Daniela Maria. A indústria lítica do sambaqui Mar Casado e outros sítios do litoral de São Paulo. 2010. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

ANGULO, Rodolfo; LESSA, Guilherme; SOUZA, Maria C. A critical review of mid- to late-Holocene sea-level fluctuations on the eastern Brazilian coastline. Quaternary Science Reviews, v. 25, p. 486-506, 2006.

ATORRE, Tiago Penna. Por uma Arqueologia Marginal: As ocupações peri-sambaquieiras no entorno do sambaqui da Figueirinha II, Jaguaruna- SC, examinadas através do radar de penetração de solo. 2015. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015.

BANDEIRA, Arkley. O povoamento da América visto a partir dos sambaquis do litoral equatorial amazônico do Brasil. FUMDHAMentos, v. 7, p. 430-468, 2011.

BARBOSA-GUIMARÃES, Márcia. Mudança e colapso no Litoral Fluminense: os sambaquieiros e os outros no Complexo Lagunar de Saquarema, RJ. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, n. 21, p. 71-91, 2011.

BASTOS, Murilo; LESSA, Andrea; RODRIGUES-CARVALHO, Claudia; TYKOT, Robert; SANTOS, Roberto. Análise de isótopos de carbono e nitrogênio: a dieta antes e após a presença de cerâmica no sítio Forte Marechal Luz. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, v. 24, p. 137–151, 2014.

BELEM, Fabiana; DEBLASIS, Paulo. A indústria lítica do sambaqui do Morrote. Cadernos do LEPAARQ, v. 12, n. 23, p. 43-69, 2015.

BENDAZZOLI, Cintia. O Panorama da Ocupação Sambaquieira no Arquipélago de Ilhabela, SP. 2014. Tese (Doutorado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014.

BIANCHINI, Gina; GASPAR, MaDu; DEBLASIS, Paulo; SCHEEL-YBERT, Rita. Processos de formação do sambaqui Jabuticabeira-II: interpretações através da análise estratigráfica de vestígios vegetais carbonizados. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, v. 21, p. 51-69, 2011.

BIANCHINI, Gina; SCHEEL-YBERT, Rita. Plants in a funerary context at the Jabuticabeira-II shellmound (Santa Catarina, Brazil) – feasting or ritual offerings? In: BADAL, Ernestina; CARRIÓN, Yolanda; MACÍAS, Miguel; NTINO, María (ed.). Wood and Charcoal: Evidence for Human and Natural History. Valencia (ES): Sagvntvm Extra, 2012.

BIGARELLA, João José. Considerações a respeito das variações de nível do mar e datações radiométricas. Cadernos de Arqueologia, v. 1, n. 1, p. 105-117, 1976.

BORGES, Caroline. Analyse Archéozoologique de L’exploitation des Animaux Vertébrés par les Populations de Pêcheurs-Chasseurs- Cueilleurs des Sambaquis de la Baixada Santista, Brésil, entre 5000 et 2000 BP. Thèse (Doctorat en Archéozoologie) Sciences de la Nature et de L’Homme, Muséum National D’Histoire Naturelle, Paris (FR), 2015.

BOYADJIAN, Célia; EGGERS, Sabine; REINHARD, Karl; SCHEEL-YBERT, Rita. Dieta no sambaqui Jabuticabeira-II (SC): Consumo de plantas revelado por microvestígios provenientes de cálculo dentário. Cadernos do LEPAARQ, v. 13, p. 131-161, 2016.

BOYADJIAN, Célia; SCHEEL-YBERT, Rita; BARROS, Anelise; OLIVEIRA, Rodrigo; RODET, Maria Jaqueline; PROUS, André. Microarqueobotânica no Museu Nacional, UFRJ: estado da arte de uma disciplina inovadora e primeiros resultados de estudos recentes. Revista de Arqueologia, v. 32, p. 149-177, 2019.

BRONK RAMSEY, Christopher. Bayesian analysis of radiocarbon dates. Radiocarbon, v. 51, n. 1, p. 337–360, 2009.

BRYAN, Alan Lyle. The Sambaqui at Forte Marechal Luz, State of Santa Catarina, Brazil. In: BRYAN, Alan Lyle; GRUHN, Ruth (ed.). Brazilian Studies. Corvallis (US): Center for the Study of the First Americans, 1993.

BUENO, Lucas; GILSON, Simon-Pierre. Brazilian Radiocarbon Database. BRC14database Project, Santa Catarina, 2021. Disponível em: https://brc14database.com.br/. Acesso em: 23 fev. 2023.

CALIPPO, Flávio. Os sambaquis submersos do baixo Vale do Ribeira. Revista de Arqueologia Americana, v. 26, p. 153-172, 2008.

CARDOSO, Lilian. Ossos e conchas: o processo de formação do sambaqui de Cabeçuda (Laguna, SC). 2018. Tese (Doutorado em Arqueologia) – Museu Nacional, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2018.

COLONESE, André; COLLINS, Matthew; LUCQUIN, Alexandre; EUSTACE, Michael; HANCOCK, Yvette; PONZONI, Raquel et al. Long-term resilience of late Holocene coastal subsistence system in southeastern South America. PloS ONE, v. 9, n. 4, p. 1-13, 2014.

COMENALE GARCIA, Davi. Processos Formativos de um sítio costeiro: estudo da indústria lítica do sítio do Mar Virado, Ubatuba, São Paulo. 2017. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017.

DEBLASIS, Paulo; FARIAS, Deisi; KNEIP, Andreas. Velhas tradições e gente nova no pedaço: perspectivas longevas de arquitetura funerária na paisagem do litoral sul catarinense. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, v. 24, p. 109–136, 2014.

DEBLASIS, Paulo; GASPAR, MaDu; KNEIP, Andreas. Sambaquis from the Southern Brazilian Coast: Landscape Building and Enduring Heterarchical Societies throughout the Holocene. Land, v. 10, n. 7, p. 757, 2021.

DEBLASIS, Paulo; KNEIP, Andreas; SCHEEL-YBERT, Rita; GIANNINI, Paulo; GASPAR, MaDu. Sambaquis e Paisagem: Dinâmica natural e arqueologia regional no litoral do sul do Brasil. Arqueología Suramericana, v. 3, n. 1, p. 29-61, 2007.

DIGIUSTO, Marina. Lifestyle on the south coast of Brazil: considerations about shell mound (sambaqui) builders through bone and dental analysis. Boletim do Museu Paraense Emilio Goeldi, v. 18, n. 1, p. 1–22, 2023b.

DIGIUSTO, Marina. Para a infância e mais além: Uma perspectiva bioarqueológica da alimentação, estresse e morte em duas sociedades sambaquieiras. 2023. Tese (Doutorado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2023a.

DIGIUSTO, Marina; WESOLOWSKI, Veronica. Novas Inferências sobre o Sítio Arqueológico Içara-01 a partir da Análise dos Remanescentes Humanos. Cadernos do LEPAARQ, v. 16, n. 31, p. 33–52, 2019.

ESCORCIO, Eliana; GASPAR, MaDu Indicadores de diferenciação social e gênero dos pesacdores-coletores que ocuparam a região dos Lagos-RJ. Cadernos do LEPAARQ, v. 2, n. 3, p. 46-64, 2005.

ESTANEK, Angélica. Preparativos funerários no Sernambetiba: Sambaqui vida e morte. 2016. Tese (Doutorado em Arqueologia) – Museu Nacional, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2016.

FIDALGO, Daniel; WESOLOWSKI, Veronica; HUBBE, Mark. Biological affinities of Brazilian pre-colonial coastal communities explored through bootstrapped biodistances of dental non-metric traits. Journal of Archaeological Science, v. 138, p. 105545, 2022.

FIGUTI, Levy. A Recipe for a Sambaqui: Considerations on Brazilian Shell Mound Composition and Building. In: ANTCZAK, Anderzej; CIPRIANI, Roberto. Early human impact on megamolluscs. Oxford (GB): British Archaeological Reports, 2008.

FIGUTI, Levy. O homem pré-histórico, o molusco e os sambaquis: considerações sobre a subsistência dos povos sambaquieiros. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, v. 3, p. 67-80, 1993.

FIGUTI, Levy; PLENS, Cláudia; DEBLASIS, Paulo. Small Sambaquis and Big Chronologies: Shellmound Building and Hunter- Gatherers in Neotropical Highlands Article. Radiocarbon, v. 55, n. 3, p. 1215-1221, 2013.

FIGUTI, Levy; SOUZA, Sheila Mendonça; BANDEIRA, Dione; BOCQUET-APPEL, Jean-Pierre. Escavação do sambaqui Cubatão I, Joinville, SC para fins de análise paleodemográfica, paleopatológica e bioarqueológica. 2007. Projeto de Pesquisa (Pós-Graduação em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnografia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.

FILIPPINI, José; PEZO-LANFRANCO, Luis; EGGERS, Sabine. Estudio Regional Sistemático de Treponematosis en Conchales (sambaquis) Precolombinos de Brasil. Chungara, v. 53, n. 3, p. 1-23, 2019.

FISCHER, Patrícia. Os moleques do morro e os moleques da praia: estresse e mortalidade em um sambaqui fluvial (Moraes, vale do Ribeira de Iguape, SP) e em um sambaqui litorâneo (Piaçaguera, Baixada Santista, SP). 2012. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, 2012.

FISH, Paul; FISH, Suzanne; DEBLASIS, Paulo; GASPAR, MaDu. Monumental Shell Mounds as Persistent Places in Southern Coastal Brazil. In: THOMPSON, Victor; WAGGONER, James (ed.). The archaeology and historical ecology of small scale economies. Gainesville (US): University Press of Flórida, 2013.

FISH, Suzanne; DEBLASIS, Paulo; GASPAR, MaDu; FISH, Paul. Eventos incrementais na construção de sambaquis, litoral sul do estado de Santa Catarina. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, v. 10, p. 69-87, 2000.

FREITAS, Victor G. Os sambaquieiros e o Complexo Lagunar de Saquarema: estudos de dieta dos grupos construtores de sambaqui de Saquarema a partir da saúde bucal. 2019. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Museu Nacional, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2019.

FURQUIM, Laura; WATLING, Jennifer; HILBERT, Lautaro; SHOCK, Myrtle; PRESTES-CARNEIRO, Gabriela; CALO, Cristina et al. Facing change through diversity: Resilience and diversification of plant management strategies during the mid to late holocene transition at the Monte Castelo Shellmound, SW Amazonia. Quaternary, v. 4, n. 1, p. 8, 2021.

GARCIA, Anderson; GASPAR, MaDu; BIANCHINI, Gina; BORGES, Diogo; MACARIO, Kita; BARROS, Henrique; FRIGOLI, Ricardo. Tecnologia lítica e cadeias operatórias no sambaqui da Prainha, sudoeste da Baía de Guanabara, Rio de Janeiro. Habitus, v. 18, n. 2, p. 562-593, 2020.

GASPAR, MaDu. Aspectos da organização social de pescadores-coletores: região compreendida entre a Ilha Grande e o delta do Paraíba do Sul, estado do Rio de Janeiro. 1991. Tese (Doutorado em Antropologia) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 1991.

GASPAR, MaDu. Considerations of the sambaquis of the Brazilian coast. Antiquity, v. 72, p. 592-615, 1998.

GASPAR, MaDu; BIANCHINI, Gina; BERREDO, Ana Luiza; LOPES, Mariana. A ocupação sambaquieira no entorno da Baía de Guanabara. Revista de Arqueologia, v. 32, n. 2, p. 36-60, 2019.

GASPAR, MaDu; BUARQUE, Angela; CORDEIRO, Jeanne; ESCORCIO, Eliana. Tratamento dos Mortos entre os Sambaquieiros, Tupinambá e Goitacá que ocuparam a Região dos Lagos, Estado do Rio de Janeiro. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, v. 17, p. 169-189, 2007.

GASPAR, MaDu; KLOKLER, Daniela; DEBLASIS, Paulo. Traditional fishing, mollusk gathering, and the shell mound builders of Santa Catarina, Brazil. Journal of Ethnobiology, v. 31, n. 2, p.188-212, 2011.

GASPAR, MaDu; KLOKLER, Daniela; SCHEEL-YBERT, Rita; BIANCHINI, Gina. Sambaqui de Amourins: mesmo sítio, perspectivas diferentes. Arqueologia de um sambaqui 30 anos depois. Revista del Museo de Antropología, v. 6, p. 7-20, 2013.

GASPAR, MaDu; SILVA, Lucas. A pesca pré-colonial no Atlântico sul-brasileiro: os pescadores dos sambaquis. In: SILVA, Lucas Antonio da; WAGNER, Gustavo (org.). Imagens da Pesca: uma etnografia arqueológica na região das lagoas do Rio Grande do Sul. Madrid (ES): JAS Arqueologia, 2022.

GASPAR, MaDu; SOUZA, Sheila Mendonça. Pesquisa de campo em sambaquis: introdução. In: GASPAR, MaDu; SOUZA, Sheila Mendonça (org.). Abordagens Estratégicas em Sambaquis. Erechim: Habilis, 2013.

GILSON, Simon-Pierre; LESSA, Andrea. Pre-colonial groups from Brazilian coast and sharks: first glimpse on a complex relationship through the case study of the shallow site Rio do Meio, Santa Catarina. Cadernos do LEPAARQ, v. 16, n. 32, p. 156-168, 2019.

GOMES, Angela. Perspectivas interpretativas no estudo das esculturas zoomórficas pré-coloniais do litoral Sul do Brasil. 2012. Dissertação (Mestrado em Antropologia) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2012.

GUEDES, Carolina; WESOLOWSKI, Veronica. Zóolito: De um termo arqueológico a um conceito sambaquieiro. In: PAILLET, Elena; PAILLET, Patrick; ROBERT, Eric (org.). Voyages dans une forêt de symboles: Mélanges offerts au Professeur Denis Vialou. Treignes (BE): Musée du Malgrée-Tout, 2020.

HEATON, Timothy; KÖHLER, Peter; BUTZIN, Martin; BARD, Edouard; REIMER, Ron; AUSTIN, William et al. Marine20: The marine radiocarbon age calibration curve (0-55,000 cal BP). Radiocarbon, v. 64, n. 4, p. 779–720, 2020.

HEREDIA, Osvaldo; TENÓRIO, Maria Cristina; GASPAR, MaDu; BUARQUE, Angela. Environment exploitation by prehistorical population of Rio de Janeiro. In: NEVES, Claudio (ed.). Coastlines of Brazil. New York (US): American Society of Civil Engineers, 1989.

HILBERT, Lautaro; NEVES, Eduardo; PUGLIESE, Francisco; WHITNEY, Bronwen; SHOCK, Myrtle et al. Evidence for mid-Holocene rice domestication in the Americas. Nature Ecology & Evolution, v. 1, n. 11, p. 1693-1698, 2017.

HOGG, Alan; HEATON, Timothy; HUA, Quan; PALMER, Jonathan; TURNEY, Chris; SOUTHON, John Southon et al. SHCal20 Southern Hemisphere Calibration, 0–55,000 Years cal BP. Radiocarbon, v. 62, n. 4, p. 759-778, 2020.

HUBBE, Mark; GREEN, Madelyn; CHEVERKO, Colleen; NEVES, Walter. Brief communication: A re-evaluation of the health index of southern Brazilian shellmound populations. American Journal of Physical Anthropology, v. 165, n. 2, p. 353-362, 2018.

IHERING, Hermann von. As origens dos sambaquis. Revista do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, v. 8, p. 446-457, 1903.

IÑIGUEZ, Alena; BRITO, Lorrayne; GUEDES, Lucélia; CHAVES, Sergio. Helminth infection and human razilia in sambaquis: Paleoparasitological, paleogenetic, and microremains investigations in Jabuticabeira II, Brazil (2890 ± 55 to 1805 ± 65 BP). Holocene, v. 32, n. 3, p. 200-207, 2022.

KLOKLER, Daniela. Adornos em concha do sítio Cabeçuda: revisita às amostras de Castro Faria. Revista de Arqueologia, v. 27, n. 2, p. 150-169, 2014.

KLOKLER, Daniela. Animal para toda Obra: fauna ritual em sambaquis. Habitus, v. 14, n. 1, p. 21-34, 2016.

KLOKLER, Daniela. Consumo ritual, consumo no ritual: festins funerários e sambaquis. Habitus, v. 10, n. 1, p. 83-104, 2012.

KLOKLER, Daniela. Shelly Coast: constructed seascapes in southern Brazil. Hunter Gatherer Research, v. 3, n. 1, p. 87-105, 2017b. DOI: 10.3828/hgr.2017.6

KLOKLER, Daniela. The worked bone assemblage from Piaçaguera: insights and challenges. In: WILD, Markus; THURBER, Bev; RHODES, Stephen; GATES ST-PIERRE, Christian (ed.). Bones at Crossroads. Leiden (NL): Sidestone Press, 2021.

KLOKLER, Daniela. Zooarchaeology of Brazilian Shell Mounds. In: ALBARELLA, Umberto; RUSS, Hannah; VICKERS, Kim; VINER-DANIELS, Sarah (ed.). Handbook of Zooarchaeoloy. Oxford (GB): Oxford University Press, 2017a.

KLOKLER, Daniela; GASPAR, MaDu. Há uma estrutura funerária em meu sambaqui… Esse sambaqui é uma estrutura funerária! In: GASPAR, MaDu; SOUZA, Sheila Mendonça de (org.). Abordagens Estratégicas em Sambaquis. Erechim: Habilis, 2013.

KLOKLER, Daniela; GASPAR, MaDu; SCHEEL-YBERT, Rita. Why clam, why clams? Shell Mound construction in Southern Brazil. Journal of Archaeological Science, v. 20, p. 856-863, 2018.

KLOKLER, Daniela; OZORIO, Fernando; BOWSER, Brenda; BOTELHO, Elieze; BAVA DE CAMARGO, Paulo. The impacts of coastal dynamics on the Saco da Pedra shell midden in northeast Brazil. Quaternary International, v. 584, p. 93-105, 2021.

KLOKLER, Daniela; VILLAGRAN, Ximena; GIANNINI, Paulo; PEIXOTO, Silvia; DEBLASIS, Paulo. Juntos na costa: zooarqueologia e geoarqueologia de sambaquis do litoral sul catarinense. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, n. 20, p. 53, 2010.

KNEIP, Andreas; FARIAS, Deisi; DEBLASIS, Paulo. Longa duração e territorialidade da ocupação sambaquieira na laguna de Santa Marta, Santa Catarina. Revista de Arqueologia, v. 31, n. 1, p. 25-51, 2018.

KNEIP, Lina; MACHADO, Lilia; CRANCIO, Filomena. Ossos humanos trabalhados e biologia esqueletal do sambaqui de Saquarema, RJ. Documento de Trabalho: Série Arqueologia, v. 3, p. 13-38, 1995.

KNEIP, Lina; PALLESTRINI, Luciana; DE MORAIS, José; CUNHA, Fausto. The radiocarbon dating of the Sambaqui de Camboinhas, Itaipú, Niterói, RJ, Brazil. Anais da Academia Brasileira de Ciências, v. 53, p. 339-343, 1981.

KOZLOWSKI, Henrique; KNEIP, Andreas; DEBLASIS, Paulo. Aspectos da ocupação sambaquieira e Guarani na Lagoa Imaruí, Litoral Sul de Santa Catarina. Revista de Arqueologia, v. 35, n. 2, p. 63–84, 2022.

LELES, Daniela. Paleogenética e paleoepidemiologia de Ascaris sp. (Linnaeus, 1758) e Trichuris sp. (Roederer, 1761). 2010. Tese (Doutorado em Epidemiologia) – Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2010.

LEONARDOS, Othon Henry. Serviço de Fomento da Produção Mineral. Concheiros naturais e sambaquis. Rio de Janeiro: Encadernadora, 1938.

LESSA, Andrea; MEDEIROS, João. Reflexões preliminares sobre a questão da violência em populações construtoras de sambaquis: análise dos sítios Cabeçuda (SC) e Arapuan (RJ). Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, v. 11, p. 77-93, 2001.

LESSA, Andrea; RODRIGUES-CARVALHO, Claudia. Marcadores de estresse ocupacional, atividades cotidianas, ambiente e escolhas culturais: uma discussão sobre estilos de vida diferenciados em três sambaquis do litoral fluminense. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi, v. 10, n. 2, p. 489-507, 2015.

LIMA, Tania; MACARIO, Kita; ANJOS, Roberto Meigikos dos; GOMES, P R S; COIMBRA, M.; ELMORE, David. The antiquity of the prehistoric settlement of the central-south Brazilian coast. Radiocarbon, v. 44, n. 3, p. 733-738, 2002.

LOPES, Paulo; GASPAR, Maria; GOMES, Denise. O Sambaqui Porto da Mina e a cerâmica utilizada como material construtivo: um estudo de caso. Revista de Arqueologia, v. 31, n. 1, p. 52-72, 2018.

MARTIN Louis; SUGUIO, Kenitiro; FLEXOR, Jean-Marie. Le Quaternaire marin du littoral brésilien entre Cananéia (SP) et Barra de Guaratiba (RJ). In: INTERNATIONAL SYMPOSIUM ON COASTAL EVOLUTION IN THE QUATERNARY, 1979, São Paulo. Proceedings […]. São Paulo: Brazilian Geological Society, 1979. p. 296-331.

MERENCIO, Fabiana. Arqueologia dos encontros no litoral sul de Santa Catarina: os sambaquis tardios e os sítios Jê entre 2000 a 500 cal AP. 2021. Tese (Doutorado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2021.

MERENCIO, Fabiana; DEBLASIS, Paulo. Análises de mobilidade no litoral sul de Santa Catarina entre 2000-500 cal AP. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, v. 36, p. 57-91, 2021.

NEVES, Walter; WESOLOWSKI, Veronica. Economy, nutrition and disease in prehistoric coastal brazil: a case study from the state of Santa Catarina. In: STECKEL, Richard; ROSE, Jerome (org.). The Backbone of History: Health and Nutrition in the Western Hemisphere. Cambridge (US): Cambridge University Press, 2002.

NISHIDA, Paula. A coisa ficou preta: estudo do processo de formação da terra preta do sítio arqueológico Jabuticabeira II. 2007. Tese (Doutorado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.

OKUMURA, Mercedes; EGGERS, Sabine. The people of Jabuticabeira II: reconstruction of the way of life in a brazilian shellmound. Journal of Comparative Human Biology, n. 55, p. 263-281, 2005.

ORICCHIO, Ivana. Zoólitos do Brasil meridional: uma proposta de classificação paradigmática. 2019. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Museu Nacional, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2019.

PEIXE, Sarah; MELO JUNIOR, João; BANDEIRA, Dione. Paleoetnobotânica dos macrorestos vegetais trançados de fibras encontrados no Sambaqui Cubatão I, Joinville, SC. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, n. 17, p. 211-222, 2007.

PETRONILHO, Cecilia. Comprometimento articular como um marcador de atividades em um grande sambaqui-cemitério. 2005. Dissertação (Mestrado em Biociências) – Instituto de Biociências, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.

PEZO-LANFRANCO, Luis; DEBLASIS, Paulo; EGGERS, Sabine. Weaning process and subadult diets in a monumental Brazilian shellmound. Journal of Archaeological Science, v. 22, p. 452-469, 2018b.

PEZO-LANFRANCO, Luis; EGGERS, Sabine; PETRONILHO, Cecilia; TOSO, Alice; BANDEIRA, Dione; VON TERSCH, Matthew et al. Middle Holocene plant cultivation on the Atlantic Forest coast of Brazil? Royal Society Open Science, v. 5, n. 9, p. 180432, 2018a.

PEZO-LANFRANCO, Luis; FILIPPINI, José; DIGIUSTO, Marina; PETRONILHO, Cecília; WESOLOWSKI, Veronica; DEBLASIS, Paulo et al. Child development, physiological stress and survival expectancy in prehistoric fisher-hunter-gatherers from the Jabuticabeira II shell mound, South Coast of Brazil. PloS ONE, v. 15, n. 3, p. 1-29, 2020.

POSTH, Cosimo; NAKATSUKA, Nathan; LAZARIDIS, Iosif; SKOGLUND, Pontus; MALLICK, Swapan; LAMNIDIS, Thiseas et al. Reconstructing the Deep Population History of Central and South America. Cell, v. 175, n. 5, p. 1185-1197, 2018.

PUGLIESE, Francisco; ZIMPEL, Carlos; NEVES, Eduardo. What do Amazonian Shellmounds Tell Us About the Long-Term Indigenous History of South America? In: SMITH, Claire (ed.). Encyclopedia of Global Archaeology. New York (US): Springer, 2020.

RAMALHO, Carolina. Revisitando a coleção osteológica do Sambaqui do Arapuã, sob uma nova perspectiva. 2013. Monografia (Especialização em Geologia do Quaternário) – Museu Nacional, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2013.

RODRIGUES-CARVALHO, Claudia; SOUZA, Sheila Mendonça. Marcadores de estresse mecânico-postural em populações sambaquieiras do estado do Rio de Janeiro. Habitus, v. 3, n. 2, p. 241, 2005.

SALADINO, Alejandra. A morte enfeitada: um olhar sobre as práticas mortuárias dos construtores do sambaqui Cabeçuda a partir de sepultamento infantil. 2017. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Museu Nacional, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2017.

SCHEEL-YBERT, Rita. Calibração de datas radiocarbônicas em sítios costeiros. Revista de Arqueologia, v. 32, p. 119-134, 2019.

SCHEEL-YBERT, Rita. Landscape and plants use in Brazilian shell mounds. In: SMITH, Claire (ed.). Encyclopedia of Global Archaeology. New York (US): Springer, 2020.

SCHEEL-YBERT, Rita. Paleoambiente e paleoetnologia de populações sambaquieiras do sudeste do estado do Rio de Janeiro. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, v. 9, p. 43-59, 1999.

SCHEEL-YBERT, Rita. Vegetation stability in the Southeastern Brazilian coastal area from 5500-1400 yr BP deduced from charcoal analysis. Review of Palaeobotany and Palynology, v. 110, p. 111-138, 2000.

SCHEEL-YBERT, Rita; AFONSO, Marisa; BARBOSA-GUIMARÃES, Marcia; GASPAR, MaDu; YBERT, Jean-Pierre. Considerações sobre o papel dos sambaquis como indicadores do nível do mar. Quaternary and Environmental Geosciences, v. 1, p. 3-9, 2009a.

SCHEEL-YBERT, Rita; BIANCHINI, Gina; DEBLASIS, Paulo. Registro de mangue em um sambaqui de pequeno porte do litoral sul de Santa Catarina, Brasil, a cerca de 4900 anos cal BP, e considerações sobre o processo de ocupação do sítio Encantada III. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, v. 19, p. 103-118, 2009b.

SCHEEL-YBERT, Rita; BOYADJIAN, Célia. Gardens on the coast: Considerations on food production by Brazilian shellmound builders. Journal of Anthropological Archaeology, v. 60, p. 101211, 2020.

SCHEEL-YBERT, Rita; BOYADJIAN, Célia; CAPUCHO, Taís. Por que a sociedade sambaquiana deve ser considerada como de meio termo? Revista de Arqueologia, v. 35, n. 3, p. 3-31, 2022.

SCHEEL-YBERT, Rita; CAROMANO, Carolina; AZEVEDO, Leonardo. Of forests and gardens: landscape, environment, and cultural choices in Amazonia, southeastern and southern Brazil from c. 3000 to 300 cal yrs BP. Cadernos do LEPAARQ,, v. 13, n. 25, p. 425-458, 2016.

SCHEEL-YBERT, Rita; EGGERS, Sabine; WESOLOWSKI, Veronica; PETRONILHO, Cecilia; BOYADJIAN, Célia; DEBLASIS, Paulo et al. Novas perspectivas na reconstituição do modo de vida dos sambaquieiros: uma abordagem multidisciplinar. Revista de Arqueologia, v. 16, p. 109-137, 2003.

SCHEEL-YBERT, Rita; RODRIGUES-CARVALHO, Claudia; DEBLASIS, Paulo; GASPAR, MaDu; KLÖKLER, Daniela. Mudanças e permanências no Sambaqui de Cabeçuda (Laguna, SC). Revista de Arqueologia, v. 33, n. 1, p. 169-197, 2020.

SILVA, Renata. (Re)Começando do princípio: o que a arqueografia de uma área funerária do Sambaqui de Cabeçuda pode nos ensinar sobre práticas funerárias sambaquieiras? 2020. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2020.

SILVA-SANTANA, Cristiana; SANTANA, Hélio; VIEIRA, Noelia; LIMA, Fernanda. Sobre a Ocorrência de Sítios dos Amoladores – Polidores Fixos no Litoral da Bahia. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, n. 23, p. 173-177, 2013.

SOUZA, Sheila Mendonça de. Anemia e adaptabilidade em um grupo costeiro pré-histórico: uma hipótese patocenótica. In: TENÓRIO, Maria Cristina (org.). Pré-História da Terra Brasilis. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1999.

SOUZA, Sheila Mendonça de. Sambaqui people, the shell mound builders of Brazil: a challenge for paleodemographers. In: ROKSANDIC, Mirjana; SOUZA, Sheila Mendonça; EGGERS, Sabine; BURCELL, Meghan; KLOKLER, Daniela. The Cultural Dynamics of Shell-matrix Sites. Albuquerque (US): University of New Mexico Press, 2014.

STABILE, Rafael. Ossos do Ofício: análise de marcadores de estresse ocupacional em séries esqueléticas de sambaquis da Baixada Santista-SP. 2017. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017.

TANAKA, Ana Paula. Evolução sedimentar da planície retrobarreira de Campos Verdes (Laguna, SC) e os sambaquis de Carniça. 2007. Tese (Doutorado em Geociências) – Instituto de Geociências, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.

TENÓRIO, Maria Cristina. Estabilidade dos grupos litorâneos: Uma questão para ser discutida. In: BELTRÃO, Maria da Conceição (org.). Arqueologia do Estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Arquivo Público do Estado do Rio de Janeiro, 1995.

TENÓRIO, Maria Cristina; PINTO, Diogo; AFONSO, Marisa. Dinâmica de ocupação, contatos e trocas no litoral do Rio de Janeiro no período de 4000 a 2000 anos antes do presente. Arquivos do Museu Nacional, v. 66, n. 2, p. 311–321, 2008.

TOSO, Alice; HALLINGSTAD, Ellen; MCGRATH, Krista; FOSSILE, Thiago; CONLAN, Christine; FERREIRA, Jéssica et al. Fishing intensification as response to Late Holocene socio-ecological instability in southeastern South America. Research Square, p. 1-29, 2021.

VALADARES, Henrique. A ocupação holocênica no litoral norte do Espírito Santo. 2020. Tese (Doutorado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2020.

VILLAGRAN, Ximena. A redefinition of waste: deconstructing shell and fish mound formation among coastal groups of Southern Brazil. Journal of Anthropological Archaeology, v. 36, p. 211-227, 2014.

VILLAGRAN, Ximena; KLOKLER, Daniela; NISHIDA, Paula; GASPAR, MaDu; DEBLASIS, Paulo. Lecturas Estratigráficas. Arquitectura Funeraria Y Depositación de Residuos en el Sambaqui Jabuticabeira II. Latin American Antiquity, v. 21, n. 2, p. 195-216, 2010.

VILLAGRAN, Ximena; PESSENDA, Luiz; VALADARES, Henrique; ATORRE, Tiago Penna; ERLER, Igor; STRAUSS, André et al. Os primeiros povoadores do litoral norte do Espírito Santo: uma nova abordagem na arqueologia de sambaquis capixabas. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi, v. 13, n. 3, p. 573-596, 2018.

WAGNER, Gustavo. Sambaquis da barreira da Itapeva: uma perspectiva geoarqueológica. 2009. Tese (Doutorado em História) – Programa de Pós-Graduação em História, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Rio Grande do Sul, 2009.

WESOLOWSKI, Veronica. A prática da horticultura entre os construtores de sambaquis e acampamentos litorâneos da região da Baía de São Francisco, Santa Catarina: Uma abordagem bio-antropológica. 2000. Dissertação (Mestrado em Antropologia) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.

WESOLOWSKI, Veronica; SOUZA, Sheila Mendonça; REINHARD, Karl; CECCANTINI, Gregório. Grânulos de amido e fitólitos em cálculos dentários humanos: contribuição ao estudo do modo de vida e subsistência de grupos sambaquianos do litoral sul do Brasil. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, v. 17, p. 191-210, 2007.

Downloads

Publicado

2023-05-25

Como Citar

SCHEEL-YBERT, Rita; WESOLOWSKI, Veronica; GASPAR, MaDu; DEBLASIS, Paulo; BOYADJIAN, Célia; KLOKLER, Daniela; DIGIUSTO, Marina. Duas décadas depois das “Novas perspectivas na reconstituição do modo de vida dos sambaquieiros: uma abordagem multidisciplinar”. Revista de Arqueologia, [S. l.], v. 36, n. 2, p. 40–63, 2023. DOI: 10.24885/sab.v36i2.1105. Disponível em: https://revista.sabnet.org/ojs/index.php/sab/article/view/1105. Acesso em: 21 fev. 2024.

Edição

Seção

Especial 40 anos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 > >>