Revisitando análises de cerâmicas no sul e sudeste brasileiro

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24885/sab.v34i1.820

Palavras-chave:

Arqueologia Brasileira, cerâmica arqueológica, métodos de análise

Resumo

Este artigo revisita estudos específicos realizados nos últimos anos, selecionados com o intuito de compreender como os pesquisadores realizaram as análises em cerâmica arqueológica brasileira, sendo este um dos principais marcadores culturais conhecidos na disciplina. Para tanto, realizamos um levantamento bibliográfico com intuito de reunir trabalhos realizados nessa temática. O levantamento identificou a autoria e os métodos da análise cerâmica aplicados. Isso nos permitiu rastrear quais métodos foram utilizados para a análise de cerâmica e, por sua vez, o viés interpretativo ligado aos trabalhos. Esperamos que a partir deste artigo a comunidade científica se atente para os métodos aplicados à pesquisa, com o intuito de aprofundar as análises e permitir novos tipos de inferências sobre as populações ceramistas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, Graciele Tules; BANDEIRA, Dione R. Ceramistas Jê e Guarani na Baia Babitonga: cronologia e arqueometria regional. Projeto de Pesquisa, Prêmio Elizabete Anderle, Joinville, 2017.

ALVES, Márcia Angelina. Análise cerâmica: estudo tecnotipológico. Tese (Doutorado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, , Universidade de São Paulo, São Paulo, 1988.

ALVES, Márcia Angelina. Culturas ceramistas de São Paulo e Minas Gerais - estudo tecnotipológico. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, v. 1, n. 1, p. 71-96, 1991. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.1991.107946.

APPOLONI, Carlos R. Estudos em arqueometria e arte por metodologias nuclear-atômico-moleculares não destrutivas no laboratório de física nuclear aplicada da Universidade Estadual de Londrina. Cadernos do Lepaarq, v. 30 n. 30, p. 219-228, 2018. DOI: https://doi.org/10.15210/lepaarq.v15i30.13011.

ARAUJO, Astolfo G. M. Por uma arqueologia cética: ontologia, epistemologia, teoria e prática da mais interdisciplinar das disciplinas. Curitiba: Editora Appris, 2019.

BACO, Hiuri M. Arqueologia Guarani e experimental no Baixo Paranapanema Paulista: o estudo dos sítios arqueológicos Lagoa Seca, Pernilongo, Aguinha e Rágil II. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. DOI: https://doi.org/10.11606/D.71.2012.tde-21062012-104518.

BACO, Hiuri M. A cerâmica pintada Guarani: o estudo dos desenhos presentes nas cerâmicas arqueológicas da área do Projeto Paranapanema. Tese (Doutorado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. DOI: https://doi.org/10.11606/T.71.2018.tde-05062018-083915

BANDEIRA, Dione da Rocha. Ceramistas pré-coloniais da Baia da Babitonga, SC: Arqueologia e etnicidade. Tese (Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2004. Disponível em: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/280839

BARRETO, Cristiana. Arqueologia brasileira: uma perspectiva histórica e comparada. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, Suplemento 3, p. 201-212, 1999. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2594-5939.revmaesupl.1999.113468.

BÉLO, Taís P. Estudo tecnológico e das cadeias operatórias da cultura material lítica e cerâmica, coletada nos anos de 1995, 1996 e 2000, no sítio Água Limpa, município de Monte Alto, SP. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. DOI: https://doi.org/10.11606/D.71.2007.tde-06032008-142747.

BROCHADO, José P.; MONTICELLI, Gislaine; NEUMANN, E. S. Analogia etnográfica na reconstrução gráfica das vasilhas Guarani arqueológicas. Veritas, v. 35, n. 140, p. 727-743, 1990.

BROCHADO, José P.; MONTICELLI, Gislene. Regras práticas na reconstrução gráfica das vasilhas de cerâmica Guarani por comparação com vasilhas inteiras. Estudos Ibero-Americanos, v. 20, n. 2, p. 107-118, 1994.

BULBECK, David. Seriation Based on Agglomerative Clustering: An Example Using Ceramics Imported to Sulawesi, Indonesia. International Journal of Historical Archaeology, v. 24, p. 1-24, 2019. DOI: https://doi.org/10.1007/s10761-019-00516-9.

CABRERA, Jean Italo A. O sítio arqueológico Lagoa São Paulo – 02: uma análise Geoarqueológica de uma ocupação pré-histórica do oeste paulista. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2009. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/89847.

CABRERA, Jean Italo A. O espaço ocupado pelo homem pré-histórico no oeste paulista: o caso do sítio arqueológico Lagoa São Paulo – 02 no município de Presidente Epitácio – SP. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2015. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/123857.

CARBONERA, Mirian. A ocupação pré-colonial do alto Rio Uruguai, SC: contatos culturais na Volta do Uvá. Tese (Doutorado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. DOI: https://doi.org/10.11606/T.71.2015.tde-07072015-154149.

CEREZER, Jedson F. Cerâmica Guarani: Manual de experimentação arqueológica. Erechim: Habilis, 2011.

CHMYZ, Igor. Terminologia arqueológica brasileira para a cerâmica. Manuais de Arqueologia, CEPA-UFPR, n. 1, 1966.

CHMYZ, Igor. Terminologia arqueológica brasileira para a cerâmica: segunda edição, revisada e ampliada. Cadernos de Arqueologia, MAAP-UFPR, Paranaguá, v.1, p. 119-148, 1976.

CHMYZ, Igor; SGANZERLA, Eliane M.; VOLCOV, Jonas E.; BORA, Eloi; CECCON, Roseli S. A arqueologia da área da LT 750kV Ivaiporã-Itaberá III, Paraná-São Paulo. Arqueologia: Revista do Centro de Estudos e Pesquisas Arqueológicas, v. 5, p. 1-305, 2008.

CHMYZ, Igor; SGANZERLA, Eliane. M.; VOLCOV, Jonas E.; BORA, Eloi; CECCON, Roseli S. A arqueologia da área da Mina Dois Irmãos, em São Mateus do Sul, Paraná. Arqueologia: Revista do Centro de Estudos e Pesquisas Arqueológicas, v 6, p. 1-147, 2009.

CORRÊA, Ângelo A. Pindorama de Mboîa e Îakaré. Continuidade e Mudança na Trajetória das populações Tupi. Tese (Doutorado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. DOI: https://doi.org/10.11606/T.71.2014.tde-17102014-154640.

CRISTANTE, Mariane A. P. Práticas funerárias de Grupos de Línguas Tupi-Guarani: Análise de contextos das regiões do Paranapanema e Alto Paraná. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. DOI: https://doi.org/10.11606/D.71.2018.tde-01022018-103618.

DAVES, Larissa F. O estudo do sítio arqueológico Piracanjuba sob o enfoque da Arqueologia da Paisagem. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2018. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/157292.

DOWNEY, Jordan T. The Reliability of Using Surface Data for Seriation. Advances in Archaeological Practice, v. 5, n. 1, p. 26-43, 2017. DOI: https://doi.org/10.1017/aap.2016.2.

FACCIO, Neide Barrocá. Arqueologia dos cenários das ocupações horticultoras da Capivara, Baixo Paranapanema. Tese (Doutorado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1998.

FACCIO, Neide Barrocá. Arqueologia Guarani na área do Projeto Paranapanema: estudo dos sítios de Iepê, SP. Tese (Livre Docência em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.

FRANCO, Célia. Visão sistêmica do sítio arqueológico Piracanjuba: a descoberta de conhecimento em sítios arqueológicos. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2007. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/100263.

FORD, James A. A quantitative method for deriving cultural chronology: Revised version of the working paper prepared for the Teaching Seminar in the Methods of Establishing Chronological Sequences of Pre-Columbian Cultures in the Americas, Barranquilla, Colombia, June 25-July 6, 1961. Washington, DC (EUA): Pan American Union, General Secretariat, Organization of American States, 1962.

FOSSARI, Teresa D. A população pré-colonial Jê na paisagem da Ilha de Santa Catarina. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2004. Disponível em: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/87306

GALHARDO, Danilo A.; FACCIO, Neide B.; ROCHA LUZ, Juliana A. O conceito antropológico de cadeia operatória, sua aplicação e contribuição no estudo de instrumentos líticos arqueológicos. Cadernos do Lepaarq, v. 12, n. 23, p. 6-21, 2015. DOI: https://doi.org/10.15210/lepaarq.v12i23.4113.

HANSEL, Fabrício Augusto. Arqueologia biomolecular: análise dos resíduos orgânicos preservados em ecofatos e artefatos recuperados de sítios arqueológicos costeiros pré-coloniais Jê – SC. Tese (Doutorado em Química) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2004. Disponível em: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/87960.

HEPP, Maurício. Estudo Arqueológico da ocupação Guarani no Vale do Rio Tibagi. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2012. Disponível em: https://hdl.handle.net/1884/29735

LA SALVIA, Fernando; BROCHADO, José Proença. Cerâmica Guarani. Porto Alegre/RS: Posenato Arte e Cultura, 1989.

LIMA, Paula Cabral. Paisagens testemunhos: um estudo geoarqueológico no norte do Estado de São Paulo. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2018. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/154308.

LIMA, Tânia Andrade. A teoria e método na Arqueologia Brasileira: Avaliação e Perspectivas. In: Souza, S. M. F. M de (org). Anais do 9º Congresso da Sociedade de Arqueologia Brasileira. Rio de Janeiro: SAB, CD-ROM, 2000.

LOPES, Marcel. Ocupação Tupinambá no Vale do Paraíba Paulista: Vista a partir da análise do sítio arqueológico Santa Marina. 2014. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Universidade de São Paulo, São Paulo. DOI: https://doi.org/10.11606/D.71.2014.tde-21032014-144952.

LULEWICZ, Jacob. A Bayesian approach to regional ceramic seriation and political history in the Southern Appalachian region (Northern Georgia) of the Southeastern United States. Journal of Archaeological Science, v. 105, p. 1-10, 2019. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jas.2019.02.005.

MACHADO, Juliana Salles. Montículos Artificiais na Amazônia Central: um estudo de caso do sítio Hatahara. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.

MACHADO, Juliana Salles. Territorialidades Ameríndias no Alto Vale do Itajaí, Santa Catarina. Relatório I. Prêmio Elisabete Anderle 2017/FCC. Florianópolis/SC: Universidade Federal de Santa Catarina, 2019.

MARANCA, Silvia. Dados preliminares sobre a arqueologia do Estado de São Paulo. In: BROCHADO, José Proença; CALDERÓN, Valentin; CHIMZ, Igor; DIAS Jr., Ondemar; EVANS, Clifford; MARANCA, Sílvia; MEGGERS, Betty J.; MILLER, Eurico; PEROTA, Celso; PIAZZA, Walter; RAUTH, José; SIMÕES, Mário (org). Arqueologia Brasileira em 1968. Belém: Publicações avulsas do Museu Paraense Emilio Goeldi, v. 12, p. 133-139, 1969.

MARANCA, Silvia; SILVA, Andrea. L. M.; SCABELLO, Ana Maria. P. Projeto Oeste Paulista de arqueologia do Baixo e Médio Vale do rio Tietê: síntese dos trabalhos realizados. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, v. 4, p. 223-226, 1994. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.1994.109210.

MEGGERS, Betty J. A contribuição do Brasil à interpretação da linguagem da cerâmica. Arqueologia: Revista do Centro de Estudos e Pesquisas Arqueológicas, v. 4, p. 31-56, 2007.

MEGGERS, Betty J.; EVANS, Clifford. Como interpretar a linguagem da cerâmica: Manual para arqueólogos. Washington, DC (EUA): Smithsonian Institution, 1970.

MENEGUSSO, Maquieli E. Da cerâmica arqueológica Itararé-Taquara à cestaria Kaingang: um estudo a partir de uma perspectiva interdisciplinar sobre a trajetória Jê no baixo Tibagi, Paraná. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2017. Disponível em: http://www.bibliotecadigital.uel.br/document/?code=vtls000213675.

MILLER JR, Tom O. Tecnologia cerâmica dos Caingang paulistas. Arquivos do Museu Paranaense, Nova Série Etnologia, Curitiba, v. 2, p. 1-51, 1978.

MILHEIRA, Rafael Guedes. Arqueologia Guarani no litoral sul-catarinense: história e território. Tese (Doutorado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. DOI: https://doi.org/10.11606/T.71.2010.tde-23082010-161634.

MORAES, Camila. A. Arqueologia Tupi no nordeste de São Paulo: estudo da variabilidade artefatual. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. DOI: https://doi.org/10.11606/D.71.2007.tde-10072007-155042

MORAIS, José L. Projeto Paranapanema: Avaliação e Perspectivas. Revista de Antropologia, v. 24, p. 141-151, 1981.

MORAIS, José L.; FACCIO, Neide B.; PIEDADE, Silvia. Salvamento arqueológico da UHE Piraju – ARQPIRAJU. Relatório técnico de Arqueologia Preventiva 1, 2 e 3, São Paulo, 2000.

MÜLLER, Isabela da Silva. Arqueologia Guarani no Litoral Central de Santa Catarina. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. DOI: https://doi.org/10.11606/D.71.2019.tde-22072019-124139.

O’BRIEN, Michael J.; LYMAN, R. Lee. Applying evolutionary archaeology. A systematic approach. New York (New York/EUA): Klumer Academic Publishers, 2000.

OLIVEIRA, Kelly. Estudando a cerâmica pintada da Tradição Tupiguarani: a Coleção Itapiranga, Santa Catarina. Dissertação (Mestrado em História) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008. Disponível em: http://hdl.handle.net/10923/3775.

ORTON, Clive; TYERS, Paul; VINCE, Alan. Pottery in Archaeology. Cambridge Manuals in Archaeology. Cambridge (Cambridgeshire/ENG): Cambridge University Press, 1997.

PALLESTRINI, Luciana. O sítio arqueológico Jango Luís. Revista do Museu Paulista, v. 18, p. 26-56, 1968/1969.

PARELLADA, Cláudia I. Tecnologia e estética da cerâmica Itararé-Taquara no Paraná: dados etno-históricos e o acervo do Museu Paranaense. Revista de Arqueologia, v. 21, n. 1, p. 97-111, 2008a. DOI: https://doi.org/10.24885/sab.v21i1.242.

PARELLADA, Cláudia I. Estética Indígena Jê no Paraná: tradição e mudança no acervo do Museu Paranaense. Revista Científica FAP, v.3, p. 213-229, 2008b. Disponível em: http://periodicos.unespar.edu.br/index.php/revistacientifica/article/view/1635.

PARELLADA, Cláudia I. A Cerâmica Guarani do Paraná, sul do Brasil: entrelaçando memória, tecnologia e arte. Anais do XV Congresso Nacional de Técnicas para as Artes do Fogo, Curitiba, Paraná, 2018. Disponível em: http://www.contaf.com.br/anais.

PEREIRA, David Lugli Turtera. Arqueologia Guarani na bacia do rio Santo Anastácio-SP: estudo do sítio Célia Maria. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. DOI: https://doi.org/10.11606/D.71.2012.tde-16052012-135949.

PERROTA, Roberto M. Caracterização da indústria cerâmica do Sítio Bianco (Itapeva-SP): possíveis correlações culturais. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. DOI: https://doi.org/10.11606/D.71.2015.tde-19052015-153725.

PEREZ, Glauco C. Etnoarqueologia dos grafismos Guarani: estudo do acervo cerâmico do sítio arqueológico Córrego da Lagoa 2 – Altônia - PR. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2010a.

PEREZ, Glauco C. A cultura guarani em debate: o Sítio Arqueológico Córrego da Lagoa 2. Revista de História da Arte e Arqueologia, v. 14, p. 39-55, 2010b.

PEREZ, Glauco C. Etnoarqueologia dos grafismos Guarani: estudo do acervo cerâmico do sítio arqueológico Córrego da Lagoa 2 - Altônia - PR. Diálogos,14(3): 669-672. 2010c.

PEREZ, Glauco C.; MOTA, Lúcio T. O estudo do acervo cerâmico do Sítio Arqueológico Córrego da Lagoa 2, Altônia - Paraná: uma visão geral. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, São Paulo, Suplemento 11, p. 115-118, 2011. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2594-5939.revmaesupl.2011.113544.

PIAZZA, Walter F. Nota preliminar sobre o Programa Nacional de Pesquisas Arqueológicas no Estado de Santa Catarina. Publicações Avulsas do Museu Paraense Emílio Goeldi. Resultados preliminares do primeiro ano 1965-1966. Belém: Museu Paraense Emílio Goeldi, p. 39-44, 1967.

RIBEIRO, Letícia. A’AngaEteMa – Imagens verdadeiras do passado: um estudo sobre a cerâmica Tupi pintada do interior paulista. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, , São Paulo, 2017. DOI: https://doi.org/10.11606/D.71.2018.tde-06022018-115356.

RICE, Prudence M. Pottery Analysis: A sourcebook. Chicago (Illinois/EUA): University of Chicago Press, 1987.

RIEDE, Felix; ARAUJO, Astolfo G. M.; BARTON, Michael C.; BERSVIK, Knut Andreas; GROUCUTT, Huw S.; HUSSAIN, Shumon T.; PABLO, Javier F. L. de; MAIER, Andreas; MARWICK, Ben. PYNNE, Lydia; RANHOM, Kattryn; REYNOLDS, Natasha; SALVATORE, Julien, R.; SAUER, Florian; SERWATKA, Kamil; ZANDER, Annabell. Cultural taxonomies in Paleolithic – old questions, novel perspectives. Evolutionary Anthropology, v. 29, p. 49-52, 2020. DOI: https://doi.org/10.1002/evan.21819

RYE, Owen S. Pottery Technology principles and reconstruction. Manuals on archaeology. Washington, DC (EUA): Taraxacum Inc, 1981.

ROBRAHN, Erika M. A ocupação pré-colonial do vale do Ribeira do Iguape, São Paulo: os grupos ceramistas do médio curso. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1989.

ROBRAHN-GONZÁLEZ, Erika. M. Os grupos ceramistas pré-coloniais do Brasil Central - Origens e Desenvolvimento. Tese (Doutorado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1996.

ROBRAHN-GONZÁLEZ, Erika. M. Teoria e métodos na análise cerâmica em Arqueologia. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, v. 8, p. 287-294, 1998. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.1998.109555

RODRIGUES, Robson A. Os caçadores-ceramistas do sertão paulista: um estudo etnoarqueológico da ocupação Kaingang no vale do rio Feio/Aguapeí. Tese (Doutorado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia,. Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. DOI: https://doi.org/10.11606/T.71.2007.tde-12092007-141110.

SALVADOR, Ângela Sabrine do Nascimento. Entre escritos e vasilhas cerâmicas: o indígena na sociedade colonial da Ilha de Santa Catarina (séculos XVIII e XIX). Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Florianópolis, 2017. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/180885

SALLUM, Marianne. Estudo do gesto em material cerâmico do sítio Gramado – município de Brotas, São Paulo. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. DOI: https://doi.org/10.11606/D.71.2011.tde-18102011-084830.

SALLUM, Marianne. Colonialismo e Ocupação Tupiniquim no litoral sul de São Paulo: uma história de persistência e prática cerâmica. Tese (Doutorado em Arqueologia), - Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. DOI: https://doi.org/10.11606/T.71.2019.tde-27092018-112906.

SCHIFFER, Michael. B. Archaeological Context and Systemic Context. American Antiquity, v. 37, n. 2, p. 156-165, 1972. DOI: https://doi.org/10.2307/278203.

SCHIFFER, Michael; SKIBO, James. The explanation of artifact variability. American Antiquity, v. 62, p. 27-50, 1997. DOI: https://doi.org/10.2307/282378.

SCHMITZ, Pedro Ignácio. A cerâmica guarani da Ilha de Santa Catarina. Pesquisas, Antropologia, v.3, p. 267-324, 1959.

SCHMITZ, Pedro I.; ROGGE, Jairo H. Um sítio da tradição cerâmica Aratu em Apucarana, PR. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, v. 18 p. 47-68, 2008. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2008.89828.

SILVA, Fabiola A. As cerâmicas dos Jê do sul do Brasil e os seus estilos tecnológicos: elementos para uma etnoarqueologia Kaingang e Xokleng. Revista do CEPA, v. 23, n. 30, p. 57-73, 1999.

SILVA, Fabíola. A. Produção e uso da cultura material e a formação do registro arqueológico: o exemplo da cerâmica Asurini do Xingu. Revista do CEPA, v. 24, n. 32, p. 59-110, 2000.

SILVA, Fabíola Andréa. As tecnologias e seus significados: um estudo da cerâmica dos Asuriní do Xingu e da cestaria dos Kayapó-Xikrin sob uma perspectiva etnoarqueológica. Tese (Doutorado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000. DOI: https://doi.org/10.11606/T.8.2000.tde-03122013-165920.

SHEPARD, Anna O. Ceramics for the Archaeologist. Washington DC (EUA): Carnegie Institution of Washington, 1956.

TORVINEN, Andrea; NELSON, Ben A. Refinement of the Chronology of La Quemada, Zacatecas, Mexico, Using Ceramic Seriation. Latin American Antiquity, v. 31, n.1, p. 61-80, 2020. DOI: https://doi.org/10.1017/laq.2019.106.

VIDAL, Lux. Grafismos indígenas. São Paulo: Edusp, 1992.

VOLCOV, Jonas Elias. Cerâmica Tupiguarani e os processos de interação cultural no Alto Rio Iguaçu, PR. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2011. Disponível em: https://hdl.handle.net/1884/27058.

VOSS, Barbara L.; ALLEN, Rebecca. Guide to ceramic MNV calculation qualitative and quantitative analysis. Technical Briefs in Historical Archaeology, v. 5, p. 1-9, 2010. Disponível em: https://sha.org/assets/documents/Technical_briefs_articles/vol5article01.pdf

WICHERS, Camila Azevedo de Moraes. Patrimônio arqueológico paulista: proposições e provocações museológicas. Tese (Doutorado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. DOI: https://doi.org/10.11606/T.71.2012.tde-19062012-133008.

WILLEY, Gordon Randolph. Excavations in southeast Florida. New Haven (Connecticut/EUA): Department of Anthropology, Yale University, 1949.

WÜST, Irmhild. Continuidade e Mudança – para uma interpretação dos grupos ceramistas pré-coloniais da bacia do rio Vermelho, Mato Grosso. Tese (Doutorado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1990.

ZAGO, Juliana Aparecida Rocha L. Arqueologia da paisagem: estudo de sítios arqueológicos no norte do Estado de São Paulo. Tese (Doutorado em Geografia), Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2017. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/149916.

ZANETTINI, Paulo Eduardo. Maloqueiros e seus palácios de barro: o cotidiano doméstico na Casa Bandeirista. Tese (Doutorado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005. DOI: https://doi.org/10.11606/T.71.2006.tde-04082006-170833.

Downloads

Publicado

2021-01-31

Como Citar

PEREZ, G. C.; PEZZI RASTEIRO, R.; TERHAAG MERENCIO, F.; MÜLLER, I. da S. Revisitando análises de cerâmicas no sul e sudeste brasileiro. Revista de Arqueologia, [S. l.], v. 34, n. 1, p. 196–216, 2021. DOI: 10.24885/sab.v34i1.820. Disponível em: https://revista.sabnet.org/ojs/index.php/sab/article/view/820. Acesso em: 16 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigo