Pluralidade dos acervos epistêmicos na Amazônia

história, gestão e desafios do Laboratório de Arqueologia Curt Nimuendajú (UFOPA)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24885/sab.v33i3.843

Palavras-chave:

acervos arqueológicos, ensino em Arqueologia, comunidades e Arqueologia

Resumo

Os acervos arqueológicos constituem relevante patrimônio e fonte de estudo, imprescindíveis para compreensão do legado histórico e cultural promovido pelas sociedades pretéritas e presentes. A gestão desses acervos extrapola a curadoria, implicando compromissos éticos, políticos, educacionais e científicos junto às diferentes comunidades. Nesse cenário, o Laboratório de Arqueologia Curt Nimuendajú da UFOPA (Santarém, PA) possui conformação especial devido à sua localização e por ser acessado por diferentes pessoas, incluindo povos indígenas e tradicionais. O laboratório atua como um lugar de conexão geracional e de pluralidade de saberes. Com base nessas peculiaridades, apresentamos o seu histórico de criação e constituição de suas coleções, além dos desafios inerentes ao seu processo de gestão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, Alfredo W. B. de. Museus Indígenas e quilombolas: os novos significados do conceito de patrimonialização. Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, v. 37, p. 39-57, 2018.

ALVES, Lidiane da Conceição. Reivindicando o território epistêmico: mulheres negras, indígenas e quilombolas interpelando a antropologia. Revista Humanidades e Inovação 6(16): 82-94, 2019.

ALVES, Marcony Lopes. Objetos distribuídos do Baixo Amazonas: um estudo da cerâmica Konduri. Dissertação de Mestrado. Universidade de São Paulo. 2019.

ARAÚJO, Fernanda Guimarães. Curadoria, conservação e restauro, um estudo de caso de um vaso cerâmico do Sítio Porto Santarém-PA. 2020. Trabalho de Conclusão de Curso em andamento. Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém.

BARBOZA, Myrian Sá Leitão; TUKANO, Larissa Duarte Ye’Padiho; WAIWAI, Jaime Xamen. “Corporterritorialização” Katukina: lampejos etnográficos sob as perspectivas femininas indígenas. Amazônica – Revista de Antropologia, v. 11, n.2, dez. 2019.

BARATA, Frederico. O Muiraquitã e as Contas do Tapajó. Revista do Museu Paulista N. S., VOL. VIII. 1954.

BEZERRA, Márcia. Os sentidos contemporâneos das coisas do passado: reflexões a partir da Amazônia. Revista Arqueologia Pública v. 7, n.1 , p. 107-122, 2013.

BEZERRA, Marcia. Com os cacos no bolso: o colecionamento de artefatos arqueológicos na Amazônia brasileira. Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, v. 38, p. 85-99, 2018.

BRANCHES, Nayane Silva. Uma breve análise iconográfica da cerâmica do Sítio Pajuçara na região de Santarém – Pará. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém.

CORREA CARVALHO, Simone. Estudo da espacialidade de fragmentos cerâmicos dentro de feições arqueológicas no Sítio Porto, Santarém-Pará. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém.

CRONYN, Janey M. The Elements of Archaeological Conservation. London (Inglaterra): Routledge, 1990.

ESQUERDO, Suellem Dayane Moraes; MORAES, Claide de Paula. Arqueologia Experimental como ferramenta para o estudo e identificação de escolhas tecnológicas no uso de antiplásticos em vasos cerâmicos pré-coloniais. In: II Jornada Acadêmica da UFOPA: Integrando Ensino, Pesquisa e Extensão na Amazônia; III Seminário de Iniciação Científica, Santarém. Universidade Federal do Oeste do Pará II. Campus Santarém, 2013.

FÉLIX, Max Roberto da Silva. Estudo paleoetnobotânico de macro vestígios vegetais do Sítio Porto. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém.

FRONER, Yacy-Ara. Tópicos em conservação preventiva – 8: Reserva Técnica. Belo Horizonte (Minas Gerais/Brasil): LACICOR-EBA-UFMG, 2008.

GOES, Heslley Karolinne Moraes. Caracterização das indústrias líticas de grupos ceramistas do rio Tapajós Brasil. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém.

GOMES, Denise. M. C., SILVA, Adriana C.; RODRIGUES, Robson. Múltiplos territórios: os sítios vizinhos às grandes aldeias de Santarém, PA. Revista de Arqueologia, v. 31, n.1, p. 03-24, 2018.

HODDER, Ian, SHANKS, Michael, ALEXANDRI, Alexandra, BUCHLI, Victor, CARMAN, John, LAST, Jonathan & LUCAS, Gavin. (Eds.). Interpreting archaeology: finding meaning in the past. New York: Routledge Press, 1995.

HONORATO DE OLIVEIRA, Vinicius. Shatters among sherds: A study of lithic assemblages of the Upper Tapajós River. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Institute of Archaeology, University College London, 2015.

HOOKS, bell. Ensinando a transgredir: a educação como prática da liberdade. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2013.

HOSN, Majd Aboul. Sítio Porto: modelos de utilização do espaço. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém.

JESUS, Hudson Romário Mello de. Traços dos Tapajó: análises de cerâmicas arqueológicas do sítio porto de Santarém (PA-ST-42). 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém.

LIMA, Anderson Marcio Amaral. Contextualização espacial, histórica e tecnológica dos Muiraquitãs amazônicos. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém.

LIMA, Anderson Márcio Amaral. A Ecologia de Assentamentos, Interações Sociais Ameríndias e o Contexto Geográfico dos Muiraquitãs no Baixo Amazonas. Cadernos do LEPAARQ (UFPEL) 15.30: 121-141, 2018.

LIMA, Helena P.; BARRETO, Cristiana; FERNANDES, Camila. Museus no Século 21: ações pela salvaguarda e socialização do acervo arqueológico do Museu Goeldi. Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, v. 38, p. 145-161, 2018.

MAEKAWA, Shin; BELTRAN, Vincent L.; HENRY, Michael C. Environmental Management for Collections: Alternative Conservation Strategies for Hot and Humid Climates. Getty Publications, 2015.

MARCIÃO, Rodrigo Ferreira. O uso da arqueologia experimental na produção de uma coleção de referência de “discos” cerâmicos. Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso de Graduação, Santarém, UFOPA, 2019.

MORAES, Claide de Paula. Amazônia ano 1000: territorialidade e conflito no tempo das chefias regionais. Tese de doutorado, São Paulo, MAE/USP, 2013.

MORAES, Claide de Paula; AMARAL, Anderson Márcio; SANTOS, Rogerio A. Além da cerâmica: a diversidade da indústria lítica do Tapajó, Santarém-PA. In: II reunião da Sociedade de Arqueologia Brasileira da regional Norte, 2014, Macapá. Caderno de resumos II reunião da Sociedade de Arqueologia Brasileira da regional Norte. Macapá: SAB. v. 1. p. 36-37, 2014.

MORAES, Claide de Paula; RUIZ, Wellington. A. ; GONZALES, Kevin. E.; SÁ, Mayara. S. Ramos.; SIMOES, Anne. C. ; RAPP PY-DANIEL, Anne, TAVEIRA, Lucas. Tauary: Fazendo Arqueologia na Amazônia. Filme, Mostra Audiovisual da UFOPA, 2020.

MUNDURUKU, Jair Boro, Caminhos para o passado: Ocaõ, Agukabûk e Cultura Material Munduruku. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Federal do Oeste do Pará.

NEVES, Eduardo Góes. A Cidade de Todos os Tempos. National Geographic Brasil, São Paulo, Brasil, 23 nov. 2015.

NICHOLAS, George P. Native peoples and archaeology. Encyclopedia of archaeology, v. 3, p. 1660-1669, 2008.

NIMUENDAJU, C. Em Busca de um Passado Amazônia Pesquisas Arqueológicas na Guiana Brasileira e na Região Amazônica. Editor Per Stenborg. Göteborg, 2004.

PINHEIRO, Natálya Cristiana Pereira. “Minha terra tem palmeiras.." Análises morfométricas de frutos e sementes de três espécies de Arecaceae de populações modernas e arqueológicas na Amazônia. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém.

PINTO, Alba Pereira. Conservação de materiais associados a contextos de enterramento na Amazônia. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém.

RAPP PY-DANIEL, Anne, ARENZ, Karl, MORAES, Claide P., CAMPOS, Vitória S., CRIADO, Mauricio R. Uma Santarém mais antiga sob o olhar da Arqueologia. Belém: MPEG, 2017.

ROCHA, Bruna Cigaran. A Regional Archaeology of the Upper Tapajós River. 2012. Dissertação. Mestrado em Arqueologia, Institute of Archaeology, University College London.

ROCHA, Bruna Cigaran, Ipi Ocemumuge: A Regional Archaeology of the Upper Tapajós River. 2017. Tese. Institute of Archaeology, University College London.

ROCHA, Bruna Cigaran, JÁCOME, Camila, STUCHI, Francisco. F., MONGELÓ, Guilherme Z.; VALLE, Raoni. Arqueologia pelas gentes: um manifesto. Constatações e posicionamentos críticos sobre a arqueologia brasileira em tempos de PAC. Revista de Arqueologia, v. 26, n. 1, p. 130-140. 2013.

ROOSEVELT, Anna C. Lost civilizations of the Lower Amazon. Natural History. February. New York: American Museum of Natural History. pp. 74-83, 1989.

SANTOS, Antônio Bispo dos. Palestra. Módulo II - Confluência da periferia. Em: Significações da periferia: representações, confluências e transgressões. 2019. Acessado em 23 de agosto de 2020. Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=RiKAU5oGgRE.

SANTOS, Manoel Fabiano da Silva. Um estudo Paleoetnobotânico no baixo amazonas: o caso do sítio arqueológico da Caverna da Pedra Pintada, Monte alegre – Pará. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém.

SANTOS, Rogério Andrade dos. Dente de ralador e furador? um estudo preliminar da função de dois tipos de artefatos líticos oriundos do sítio arqueológico do Porto, Santarém-PA. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém.

SANTOS, Suiane de Sousa. Experimentação tafonômica em contexto de enterramento na Amazônia. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém.

SANTOS, Suiane; PINTO, Alba; RAPP PY-DANIEL, Anne. Experimentação Tafonômica em Contextos de Enterramento na Amazônia. Boletim do Museu Emílio Goeldi. (no prelo).

SANTOS RAMOS DE SÁ, Francielly; PRESTES-CARNEIRO, Gabriela; MORAES, Claide de Paula. Olhando para possíveis restos de alimentação através da fauna do Sítio Porto- PA. Poster apresentado à SAB Norte, Macapá, 2014.

SCHAAN, Denise Pahl. Múltiplas vozes, memórias e histórias: por uma gestão compartilhada do patrimônio arqueológico na Amazônia. Patrimônio Arqueológico: O desafio da preservação. Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, n. 33, p. 109-136, 2007.

SCHAAN, Denise P.; ALVES, Daiana T. (Org.). Um Porto, muitas Histórias. Arqueologia no Porto de Santarém. 1. ed. Belém: Supercores, 2015. v. 1. 161p.

SILVA, Adriano Rubem Miranda. Análise tecnológica de três fases cerâmicas da Amazônia: uma perspectiva da arqueologia experimental. 2019. Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso de Graduação, Santarém, UFOPA.

SILVA, Ana Caroline Sousa da. De mãe para filhos: transmissão de conhecimento e (re)apropriação do passado arqueológico. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Federal do Oeste do Pará.

SILVEIRA, Maura I.; de CASTRO Dutra, Vanessa; SILVA, Camila F. A.; de FARIAS Ferreira, Regina M.; JALLES, Cíntia. Coleções arqueológicas do Museu Paraense Emílio Goeldi-panorama da reserva técnica e os desafios da conservação. In: Campos, Guadalupe N.; Granato, Marcus (org.) Preservação do Patrimônio arqueológico: desafios e estudos de caso. Rio de Janeiro: Museu de Astronomia e Ciências Afins, 2017. p. 169-191.

SOUSA ALVES, Gilvandro Flávio de. Relação da cultura Santarém na Fazenda Experimental (Sítio Novo Império II). 2020. Trabalho de Conclusão de Curso em andamento. Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém.

SOUZA, Gustavo Neves de; LIMA, Ângelo, Pessoa. Experimental Archaeology on Brazilian Polished Artifacts: Making Adornments, Hafting Blades and Cutting Trees. In: CURA, Sara; CEREZER, Jedson; GUROVA, Maria; SANTANDER, Boris; OOSTERBEEK, Luis; CRISTÓVÃO, Jorge. (Org.). Technology and Experimentation in Archaeology. 1ed.: BAR International Series 2657, v., p. 17-24, 2014.

STENBORG, Per. Rumo a uma História Regional de Assentamentos Pré-Colombianos nas Regiões de Santarém e Belterra, Pará, Brasil. In: Stenborg, Per (Ed.), Beyond Waters: Archaeology and Environmental History of the Amazonian Inland, Gotemburgo: Gotarc Series A Gotthenburg Archaeological Studies 6, p.9-20, 2016.

TAVARES, Hugo Lopes. Estudo Tecnológico do material cerâmico dos sítios arqueológicos Sawre Muybu e Terra Preta do Mangabal, Região do Alto Rio Tapajós. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém.

VASCONCELOS JÚNIOR, Orzilando Oliveira. Cadeia operatória na produção de dentes de ralador e furador. 2020. Trabalho de Conclusão de Curso em andamento. Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém.

VAZ DE ALMEIDA, Florêncio. Povos indígenas e etnogêneses na Amazônia. In: LUCIANO, G. J. dos S.; OLIVEIRA, J. de C.; HOFFMAN, M. B. Olhares indígenas contemporâneos. Brasília: Centro Indígena de Estudos e Pesquisas, 2010.

WAI WAI, Beni. Práticas funerárias e suas transformações nos últimos 70 anos entre os Wai Wai do Mapuera. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Federal do Oeste do Pará.

WAI WAI, Cooni. A Cerâmica Wai Wai: Modos De Fazer do Passado e do Presente. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Federal do Oeste do Pará.

WAI WAI, Jaime Xamen. Levantamento etnoarqueológico sobre a cerâmica Konduri e ocupação Wai Wai na região da terra indígena Trombetas-Mapuera (Pará, Brasil). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Federal do Oeste do Pará.

WICHERS, Camila Moraes. Sociomuseologia e Arqueologia Pós-processual: conexões no contexto brasileiro contemporâneo. 2016.

WICHERS, Camila Moraes. Museologia, feminismos e suas ondas de renovação. Museologia & Interdisciplinaridade. Vol. 7, nº13, Jan./ Jun. de 2018.

Downloads

Publicado

2020-12-28

Como Citar

JÁCOME, C.; RAPP PY-DANIEL, A.; PRESTES-CARNEIRO, G.; SHOCK, M. P.; MORAES, C. de P.; AMARAL, M.; SÁ LEITÃO BARBOZA, M.; ROCHA, B.; OLIVEIRA, V. H. de; SANTOS PINTO, E. dos. Pluralidade dos acervos epistêmicos na Amazônia: história, gestão e desafios do Laboratório de Arqueologia Curt Nimuendajú (UFOPA). Revista de Arqueologia, [S. l.], v. 33, n. 3, p. 306–329, 2020. DOI: 10.24885/sab.v33i3.843. Disponível em: https://revista.sabnet.org/ojs/index.php/sab/article/view/843. Acesso em: 9 ago. 2022.