Corpo, comunicação e conhecimento

reflexões para a socialização da herança arqueológica na Amazônia

Autores

  • Cristiana Barreto

DOI:

https://doi.org/10.24885/sab.v26i1.372

Palavras-chave:

Arqueologia amazônica, divulgação científica, patrimonialização

Resumo

Este artigo parte de algumas reflexões sobre o papel do arqueólogo no atual contexto de discussões sobre multivocalidade na socialização do patrimônio arqueológico da Amazônia, para apresentar uma proposta conceitual e metodológica de comunicação e transmissão de conhecimento científco mais afnada com uma arqueologia pública do século XXI. Em resumo, trata-se de privilegiar certas áreas da interpretação arqueológica cuja capacidade agentiva de comunicação visual e esferas de reconhecibilidade sejam mais abrangentes e inclusivas quanto aos públicos e audiências em jogo

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-06-30

Como Citar

BARRETO, C. . Corpo, comunicação e conhecimento: reflexões para a socialização da herança arqueológica na Amazônia. Revista de Arqueologia, [S. l.], v. 26, n. 1, p. 112–128, 2013. DOI: 10.24885/sab.v26i1.372. Disponível em: https://revista.sabnet.org/ojs/index.php/sab/article/view/372. Acesso em: 25 set. 2022.