Sítios arqueológicos ao Núcleo B de Serranópolis, Goiás: tipos e intensidades de impactos naturais e antrópicos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24885/sab.v35i3.999

Palavras-chave:

Arqueologia, Patrimônio cultural, Preservação

Resumo

O artigo analisa os impactos antrópicos e naturais nos sítios arqueológicos do Núcleo B, Serranópolis, causados por atividades agropecuárias, depósitos tecnogênicos construídos e induzidos, desgaste das rochas dos abrigos, características dos solos, migração do canal do Córrego do Raio e presença de areais. Para tanto, foram analisadas imagens de satélite e realizadas pesquisas de campo, visando à identificação e à caracterização dos impactos. Os resultados evidenciam o contexto em que processos naturais e a ação antrópica estão entrelaçados, e se repetem nos demais núcleos, denotando a necessidade da adoção de medidas para a proteção e a conservação do patrimônio cultural de Serranópolis, envolvendo a população, os órgãos governamentais e as instituições de pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, Eliane de P. C.; ZARONI, Maria J.; SANTOS, Humberto G. Neossolo Quartzarênicos. Brasília, DF: Ageitec, Agência Embrapa de Informação Tecnológica, 2012. 2p. Disponível em: <https://www.agencia.cnptia.embrapa.br/gestor/solos_tropicais/arvore/CONT000gn230xho02wx5ok0liq1mqtarta66.html>. Acesso em: 28 out. 2021.

ARAUJO, Matheus Martins de. Compartimentação da paisagem e recursos naturais: uma proposta para a dinâmica dos grupos pré-coloniais dos sítios GO-JA-01 e GO-JA-02. Orientador: Julio Cezar Rubin de Rubin, 2018, TCC (Graduação). Curso de Arqueologia, Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia, Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia, 2018.

BARBOSA, Mariza O; RUBIN. Julio C. R.; CASTRO, Ernesto C. Projeto estudos para chancela de paisagem cultural: diagnóstico arqueológico do aglomerado Manuel Braga - Pousada das Araras e georreferenciamento de sítios arqueológicos no município de Serranópolis, Goiás. Goiânia: Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia, Pontifícia Universidade Católica de Goiás, 2009.

CARVALHO, Jordana da Silva. Perdas de solo a montante do sítio arqueológico GO-JA-02, Serranópolis, Goiás: impactos ao patrimônio cultural. Orientador: Julio Cezar Rubin de Rubin, 2019, TCC (Graduação). Curso de Arqueologia, Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia, Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia, 2019.

FERNANDES, Luiz A.; COIMBRA, Márcio C. Revisão estratigráfica da parte oriental da Bacia Bauru (NEOCRETACEO). Revista Brasileira de Geociências, São Paulo, v. 30, n. 4, 2000, p. 717-728.

LACERDA FILHO, Joffre V.; REZENDE, Abelson; SILVA, Aurelene. Programa Levantamentos Geológicos Básicos do Brasil. Geologia e Recursos Minerais do Estado de Goiás e Distrito Federal. Organizadores: Joffre Valmório de Lacerda Filho, Abelson Rezende e Aurelene da Silva. 1:500.000. Goiânia: CPRM, 1999. (Conv. CPRM/METAGO S.A./UnB).

MARTINS, Dilamar C. (Coord.). Diagnóstico: mapeamento e elaboração de diretrizes de gestão dos sítios arqueológicos do Grupo A, município de Serranópolis/GO. Goiânia: Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional; Universidade Federal de Goiás, 2010.

MOREIRA, Maria L. O.; MORETON, Luiz C.; ARAÚJO, Vanderlei A. LACERDA FILHO, Joffre V; COSTA, Heitor F. Geologia do estado de Goiás e do Distrito Federal. Goiânia: CPRM/SIC; Funmineral, 2009.

MUNSELL Soil Color Chart. New York: GretagMacbeth – Washable Edition, 2000.

NIEBLE, Carlos M.; GUIDICINI, Guido; MELLO, Luiz G. Barragens em arenitos brandos no Brasil. São Paulo: ABGE, 2021.

OLIVEIRA, Antonio M. S. Depósitos tecnogênicos associados à erosão atual, p. 411-415. Congresso Brasileiro de Geologia e Engenharia, Anais, 6, Salvador, Bahia, 1990.

SOUZA, Margareth L. Estudos para Chancela de paisagem cultural: diagnóstico arqueológico dos núcleos B, C, E, F georreferenciamento de sítios arqueológicos no município de Serranópolis, Goiás. Goiânia: Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Instituto de Desenvolvimento Tecnológico do Centro-Oeste, 2009.

RADAMBRASIL. Folha SE 22 Goiânia. Rio de Janeiro: IBGE, 1983.

RESENDE, Fernanda E. C. P.; FERNADES, António P. B.; RUBIN, Julio C. R.; BARBERI, Maira.; BICHUETTE, Maria E.; GALLÃO, Jonas E.; ZEPON, Tamires.; SILVA, Sergia M.; SOUZA, Uelde F. Relatório final das ações emergenciais de conservação das pinturas e gravuras rupestres nos sítios de abrigos do Complexo Arqueológico de Serranópolis-GO. Brasilia: MRS Estudos Ambientais, 2019.

RUBIN, Julio C. R.; SILVA, Rosiclér T.; VIANA, Sibeli A.; RESENDE, Fernanda E. C. P; RIBEIRO-FREITAS, Joanne E.; SOUZA, Mariana G.; VARGAS, Eloah R.; BARBERI, Maira. Cazadores-recolectores y el paisaje en Serranópolis, Goiás, Brasil. Boletín de Arqueología PUCP, n. 29, p. 129-158, 2020.

RUBIN, Julio C. R; LORENZO, Francisco J. C.; SILVA, Rosiclér T.; CORREA, Daniel S. Efeitos da erosão em sítios arqueológicos no estado de Goiás: casos de Serranópolis e Palestina de Goiás. Revista Clio, v. 32, n. 1, p. 37-67, 2017.

RUBIN, Julio C. R.; SILVA, Rosiclér T.; BARBERI, Maira. Consideraciones al respecto del contexto arqueológico: Serranópolis, Goiás (Brasil). El poblamiento temprano en América, 6, Serie: Prehistoria en América. Museo del Deserto, p. 320-328, 2016.

SANTOS, Frank William Aparecido dos. Estrutura em forma de canais associados ao sítio arqueológico GO-JA-02, Serranópolis, Goiás. Orientador: Julio Cezar Rubin de Rubin, 2020, TCC (Graduação). Curso de Arqueologia, Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia, Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia, 2020.

SCHMITZ, Pedro I.; BARBOSA, Mariza O.; JACOBUS, André L.; RIBEIRO, Maira B. Arqueologia nos Cerrados do Brasil Central: Serranópolis I. Instituto Anchietano de Pesquisas - Unisinos, São Leopoldo, RS, Brasil. Pesquisas: Antropologia, n. 44, 208p, 1989.

SCHMITZ, Pedro I.; ROSA, André O.; BITENCOURT, Ana L. V. Arqueologia nos Cerrados do Brasil Central. Serranópolis III. Revista Pesquisas. Antropologia, n. 60, São Leopoldo, RS: Instituto Anchietano de Pesquisas, 288p, 2004.

SCOPEL, Iraci (Coord.). A formação de areais e seu controle na região de Jataí e Serranópolis, Goiás. Universidade Federal de Goiás - Campus Avançado de Jataí. PROINPE/SECTEC, 2005.

SILVA, Eliezer Botelho da. Planície aluvial do médio do Rio Verde: hipóteses e reflexões. Orientador: Julio Cezar Rubin de Rubin, 2019, TCC (Graduação). Curso de Arqueologia, Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia, Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia, 2019.

SOUZA. Mariana Garcia de. Análise macrorregional do complexo de sítios arqueológicos de Serranópolis: relação e interação entre paisagem e caçadores-coletores. Orientador: Julio Cezar Rubin de Rubin, 2020, TCC (Graduação). Curso de Arqueologia, Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia, Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia, 2020.

SUERTEGARAY, Dirce M. A. A Natureza e A Organização do Espaco Agrário: Trajetoria Para Entendimento do Processo de Desertificacao No Sul do Rio Grande do Sul. In: XI ENCONTRO NACIONAL DE GEOGRAFIA AGRARIA, 1992, Maringá. Anais do XI Encontro Nacional de Geografia Agrária. Mesas Redondas. MARINGÁ, PR, BRASIL: Universidade Estadual de Maringá, 1992. v.02. p.193-202.

SUGUIO, Kenitiro. Rochas sedimentares: propriedades, gênese, importância econômica. São Paulo: Edgard Blucher, 1980.

SUGUIO, Kenitiro. Geologia sedimentares. São Paulo: Edgard Blucher, 2003.

UNESCO. Guidelines and Criteria for National Geoparks seeking Unesco's assistance to join the Global Geoparks Network. 2008. Disponível em: <http://www.unesco.org/science/earthsciences/geoparks/geoparks.htm>. Acesso em: 12 nov. 2020.

Downloads

Publicado

2022-09-30

Como Citar

RUBIN, J. C. R. de; BARBERI, M.; PIRES, M. G.; RESENDE, F. E. C. P. e .; SILVA, R. T. da; SILVA, S. M. da; FREITAS, J. E. R.; RIBEIRO, E. V.; LIMA, Élio A. Sítios arqueológicos ao Núcleo B de Serranópolis, Goiás: tipos e intensidades de impactos naturais e antrópicos. Revista de Arqueologia, [S. l.], v. 35, n. 3, p. 52–68, 2022. DOI: 10.24885/sab.v35i3.999. Disponível em: https://revista.sabnet.org/ojs/index.php/sab/article/view/999. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigo